Membros

Argélia, Serra Leoa, Guiana, Coreia do Sul e Eslovênia integrarão Conselho de Segurança da ONU

Os cinco vão substituir Brasil, Albânia, Gabão, Gana e Emirados Árabes Unidos

Conselho de Segurança das Nações Unidas (CSNU)Conselho de Segurança das Nações Unidas (CSNU) - Foto: ONU Newns/ divulgação

Argélia, Serra Leoa, Guiana e Coreia do Sul foram eleitas de forma unânime, nesta terça-feira (6), para integrar o Conselho de Segurança da ONU, enquanto a Eslovênia superou por ampla maioria a disputa com Belarus por um assento neste órgão.

O Conselho de Segurança é composto por cinco membros permanentes (Estados Unidos, Rússia, China, França e Reino Unido) e dez eleitos por regiões geográficas para um mandato de dois anos, dos quais cinco são renovados a cada ano.

A Eslovênia venceu Belarus por 153 votos a 38 a eleição realizada na Assembleia Geral.

"A votação de hoje na Assembleia Geral demonstra porque é essencial a concorrência nas eleições da ONU", afirmou Louis Charbonneau, do Human Rights Watch.

"Os Estados-membros da ONU decidiram que as graves violações aos direitos humanos cometidas por Belarus e suas tentativas de encobrir as atrocidades russas na Ucrânia a desqualificam para fazer parte do Conselho de Segurança, um órgão crucial para garantir os direitos humanos", acrescentou.

Os outros quatro assentos em jogo, atribuídos a representantes das regiões África, Ásia-Pacífico e América Latina/Caribe, tinham um candidato cada um.

Os cinco eleitos vão substituir Albânia, Brasil, Gabão, Gana e Emirados Árabes Unidos a partir de 1º de janeiro de 2024.

Veja também

Mulher denunciada por agredir casal gay em padaria é presa por atropelamento e fuga em São Paulo
POLÍCIA

Mulher denunciada por agredir casal gay em padaria é presa por atropelamento e fuga em São Paulo

Pastor André Valadão diz, em vídeo, que fiéis não devem matricular filhos em faculdades 
Educação e Religião

Pastor André Valadão diz, em vídeo, que fiéis não devem matricular filhos em faculdades 

Newsletter