Ipojuca

Argentina é presa em flagrante após esfaquear policial militar em Maracaípe

Canivete usado na tentativa de homicídio foi apreendido

Sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP)Sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Uma argentina de 23 anos foi presa em flagrante, nessa quarta-feira (11), após esfaquear um policial militar de 52 anos na barriga com um canivete, em um condomínio na praia de Maracaípe, na cidade de Ipojuca, Litoral Sul de Pernambuco. 

De acordo com a Prefeitura de Ipojuca, o crime ocorreu em um local conhecido como Casa do Governador. Segundo informações da Polícia Civil, a mulher foi autuada por tentativa de homicídio

O policial militar estava de serviço no local quando foi golpeado pela estrangeira, de acordo com relatos repassados à corporação. Ela estaria dormindo no condomínio e foi abordada pelo PM, que faz parte da Guarda Patrimonial. 

Após ter sido esfaqueado, o policial militar foi admitido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Porto de Galinhas, em Ipojuca. Em seguida, informou a PM, ele foi transferido ao Hospital Dom Helder Câmara, no Cabo de Santo Agostinho, também no Litoral Sul. O quadro de saúde dele é estável, de acordo com a corporação.

A Prefeitura de Ipojuca informou que, no final da tarde de quarta-feira, o Centro Integrado de Defesa Social da cidade recebeu a informação sobre a ocorrência. 

A suspeita foi encontrada em uma praça já na praia de Porto de Galinhas. A prisão foi efetuada por uma equipe da Guarda Municipal de Ipojuca.

Segundo a gestão municipal, a argentina confessou a agressão. Ela não portava documentos no momento da prisão. 

A mulher foi encaminhada à sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), no Cordeiro, Zona Oeste do Recife. O canivete usado na tentativa de homicídio foi apreendido. A argentina será encaminhada à audiência de custódia

A reportagem aguarda o retorno do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) sobre o resultado da audiência. 

Veja também

Deslocados forçados no mundo superam os 100 milhões pela primeira vez, diz ONU
Mundo

Deslocados forçados no mundo superam os 100 milhões pela primeira vez, diz ONU

Biden adverte para impacto 'relevante' da varíola dos macacos
Estados Unidos

Biden adverte para impacto 'relevante' da varíola dos macacos