Coronavírus

Argentina proíbe circulação noturna por três semanas devido a alta de casos de Covid

O anuncio foi feito pelo presidente argentino, Alberto Fernández, nesta quarta-feira (7)

ArgentinaArgentina - Foto: JUAN MABROMATA / AFP

A circulação noturna será proibida na Argentina a partir da próxima sexta-feira pelas próximas três semanas, medida que se aplica pela primeira vez no país em função do aumento exponencial dos casos de Covid-19, anunciou o presidente argentino, Alberto Fernández, nesta quarta-feira (7).

“A circulação estará proibida entre 00h00 e 06h00 da manhã de cada dia. Dependendo das jurisdições, as autoridades só podem prorrogar esse horário em função das especificidades de cada local”, informou Fernández em mensagem gravada da residência oficial de Olivos, onde o presidente encontra-se isolado por estar infectado com a covid-19.
 

Veja também

Rússia proíbe a entrada do diretor do FBI e de diretora da inteligência dos EUA
Mundo

Rússia proíbe a entrada do diretor do FBI e de diretora da inteligência dos EUA

Compaz do Coque ganha pontos da Agência de Emprego e da Sala do Empreendedor
Recife

Compaz do Coque ganha pontos da Agência de Emprego e da Sala do Empreendedor