Argentinos morrem afogados na praia de Porto de Galinhas

Guardas chegaram a prestar socorro, mas as vítimas não resistiram

Humberto Costa (PT)Humberto Costa (PT) - Foto: Divulgação

Dois homens argentinos morreram afogados na manhã deste sábado (26), na praia de Cupe, em Porto de Galinhas, no município de Ipojuca. Juan Carlos Martins, de 60 anos, e Romulo Miguel, 33, saíram para nadar em mar aberto após fazerem a refeição matinal e demoraram em retornar.

Segundo relatos de socorristas e do delegado Júlio Cesar, responsável pelo caso, Juan Martins teria se sentido mal e começou a se afogar. Rômulo, mais novo, teria tentado socorrer o colega, mas acabou não resistindo à força das águas e também se afogou.

Juan faleceu na hora, enquanto Rômulo ainda tentou ser reanimado pelos guarda-vidas, sem sucesso. Os corpos já foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML).

Ainda segundo o delegado, os dois eram da mesma região argentina e se conheciam, mas estavam hospedados em pousadas diferentes. Ambos vieram acompanhados ao país. A princípio, a investigação descarta a hipótese de que os dois tenham sido vítimas de forte correnteza.

Juan Carlos estava hospedado na pousada Tabajuba, enquanto Rômulo Miguel se encontrava no Enotel Resort & Spa. Os afogamentos ocorreram em área próxima às pousadas. Guardas municipais chegaram a prestar socorro e encaminhar as vítimas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Porto de Galinhas.

Juan Carlos Martins é natural da cidade de Rosário, no município de Santa Fé, na Argentina, local que também era moradia de Rômulo Miguel.

Veja também

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica
América Latina

Arce assumirá as rédeas de uma Bolívia polarizada e em crise econômica

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro
Covid-19

Rússia espera registro da Sputnik V no Brasil em dezembro e produção em janeiro