Armas e cachaça artesanal são apreendidas no Complexo do Curado

Materiais ilícitos foram encontrados no Presídio Juiz Antônio Luiz Lins de Barros durante vistoria realizada nesta quarta-feira (30)

Material apreendido no presídioMaterial apreendido no presídio - Foto: Divulgação

Cinco armas de fogo, 84 litros de cachaça artesanal, 26 celulares, além de drogas, foram apreendidos no Presídio Juiz Antônio Luiz Lins de Barros, uma das unidades que integra o Complexo Prisional do Curado, no bairro do Sancho, na Zona Oeste do Recife. A vistoria foi realizada na manhã desta quarta-feira (30) por agentes penitenciários e integrantes do Grupo de Operações.

Ao todo, foram três revólveres calibre 38, uma pistola ponto 40 e uma pistola 380. A vistoria foi realizada no Pavilhão H da unidade prisional. Além das armas, da cachaça e dos 26 celulares, os agentes encontraram outros materiais ilícitos. Entre eles estão: 1 foice artesanal, 10 facas, 1 chuço, 30 carregadores, 12 fones de ouvido e 9 chips de telefone.

Também foram recolhidos 200 gramas de maconha, 300 gramas de crack, 49 munições, 500 ml de cola de madeira. As informações foram repassadas pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco.

Veja também

Máscaras e isolamento continuam essenciais, dizem especialistas
Pandemia

Máscaras e isolamento continuam essenciais, dizem especialistas

Gabaritos do Enem serão divulgados nesta quarta-feira
Enem 2020

Gabaritos do Enem serão divulgados nesta quarta-feira