Assaltantes mortos e presos em confronto com a polícia após explosões em bancos

Pelo menos dez homens foram capturados pela polícia em Moreno, na Região Metropolitana do Recife

Chegada dos suspeitos de assaltar bancos no CaboChegada dos suspeitos de assaltar bancos no Cabo - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Pelo menos dez assaltantes foram presos e outros cinco teriam morrido ao trocar tiros com a polícia na manhã desta quinta-feira (2), após uma investida contra bancos no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife (RMR). O grupo atirou nos policiais que estavam no helicóptero da Secretaria de Defesa Social (SDS). Eles foram encontrados em um assentamento no município de Moreno, também na RMR.

Os detidos foram levados para o Departamento de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Depatri), em Afogados, Zona Oeste do Recife. Os detalhes da operação serão divulgados na tarde desta quinta, pela SDS. Com o grupo, foram apreendidos uma submetralhadora e três fuzis.

Leia mais
Tiros e explosões em ação contra bancos no Cabo de Santo Agostinho
Três assaltantes presos e dois mortos em confronto com a polícia


Durante a madrugada os criminosos fizeram vários reféns durante uma investida contra agências bancárias da cidade. Um mototaxista que passava pelo local e se recusou a parar foi baleado na perna.

Para dificultar a ação da polícia, os assaltantes chegaram a deixar um ônibus atravessado na antiga BR-101, paralela a avenida Getúlio Vargas, onde ficam as agências. As agências do Itaú, Banco do Brasil e Caixa Econômica amanheceram com as vidraças quebradas. Em frente ao banco Itaú, foram encontrados blocos que podem ser explosivos.


Veja também

Estudo da UnB investiga cepas do coronavírus Sars-CoV-2 encontradas no DF
Coronavírus

Estudo da UnB investiga cepas do coronavírus Sars-CoV-2 encontradas no DF

Plano do governo apresenta metas para reduzir desmatamento na Amazônia
Meio Ambiente

Plano do governo apresenta metas para reduzir desmatamento na Amazônia