Assaltantes pesquisaram em listas de telefone on-line

Polícia Civil trabalha com a hipótese de que homens que invadiram prédio em Boa Viagem sejam os mesmos que assaltaram condomínio em Casa Forte

Relógios e joias furtados foram recuperadosRelógios e joias furtados foram recuperados - Foto: Alfeu Tavares

 

A ação que aconteceu no Edifício Akrópolis pode ter sido realizada por uma quadrilha extremamente organizada e com atuação a nível nacional. Silvio Evangelista Barbosa, 19 anos, e Kayo Vinícius dos Santos Dantas, 18, os dois homens que foram presos após arrombar um dos apartamento do prédio, em Boa Viagem, são de São Paulo. Silvio tem antecedentes em Belo Horizonte e no Rio de Janeiro, pelo mesmo tipo de crime.

Outros condomínios de luxo podiam ser alvo da quadrilha, que pesquisou sobre o imóvel na internet. Eles teriam pesquisado os condomínios de luxo da cidade ainda em São Paulo. Os dados dos moradores podem ter sido encontrados em listas de telefone on-line. A Polícia Civil trabalha com a hipótese de que eles sejam os mesmos que assaltaram outro condomínio de classe alta em Casa Forte.

Além deles, outros dois homens estariam do lado de fora do condomínio para auxiliar na fuga. Poucos minutos após a prisão, advogados, contatados por alguém em São Paulo, foram à delegacia representar os réus. Eles estavam no Recife desde o último dia 12, numa pousada, registrados sob um nome falso.

No celular dos envolvidos foram encontradas fotos do prédio, o que indica que eles realizavam um monitoramento do local antes de efetuar a investida. “Eles faziam monitoramento da movimentação do prédio e dos moradores. Observavam da orla apartamentos que não pareciam ter movimento e ligavam incessantemente para saber se havia alguém no momento”, comentou o titular da Delegacia de Boa Viagem, Carlos Couto.

 

Veja também

Pernambuco registra 1.450 novos casos e 29 óbitos por Covid-19
Coronavírus

Pernambuco registra 1.450 novos casos e 29 óbitos por Covid-19

Covid-19: entidade orienta sobre vacinação em pacientes reumáticos
Saúde

Covid-19: entidade orienta sobre vacinação em pacientes reumáticos