Paulista

Assistência Judiciária de Paulista intensifica serviço gratuito para a população de baixa renda

Órgão é vinculado à Procuradoria-Geral do município

Serviço gratuito de Assistência Jurídica oferecido pela Procuradoria-Geral de PaulistaServiço gratuito de Assistência Jurídica oferecido pela Procuradoria-Geral de Paulista - Foto: Reprodução/Gerson Nascimento

A Prefeitura de Paulista, por meio da Procuradoria-Geral do município, está intensificando os atendimentos do serviço gratuito de Assistência Judiciária para população economicamente vulnerável. O serviço oferece representação judicial para pessoas que não possuem condições de pagar advogados.

O funcionamento ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, com atendimento ao público das 8h às 13h, por ordem de chegada, no térreo do prédio da Prefeitura Municipal. Nas quartas-feiras, o público é atendido até as 15h. Não há limite de fichas por dia.

Para receber a prestação desse serviço, é necessário provar, através da declaração de estado de pobreza, a impossibilidade de pagar os custos do processo e os honorários advocatícios.

A Assistência Judiciária visa a ampliar e tornar mais eficiente o acesso à Justiça, além de reduzir a vulnerabilidade econômica e social da população. O órgão é vinculado à Procuradoria-Geral do município, que é comandada por Flávia Novelino, contando com seis advogados - quatro na área cível e dois na área criminal - e quatro estagiários. Na cidade do Paulista, Williams Terto é o supervisor, e Josevaldo Bezerra de Melo, o coordenador.

Em média, 25 pessoas são atendidas por dia. A prioridade é sempre buscar a conciliação entre as partes antes da propositura de qualquer ação ou medida judicial. Além disso, tem atuação prioritária no âmbito do Direito de Família e da Infância e Juventude. 

Em Paulista, a Assistência não atua nas áreas trabalhista e previdenciária nem em juizados especiais. Na área criminal, não trabalha com homicídio e com estupro de vulnerável. Também não opera em sede de 2º grau e em ações nas quais o município é parte.

Já na área cível, o órgão não atua em ações de indenização e em processos que envolvem usucapião, reintegração e manutenção de posse.

Assistência Judiciária
O serviço existe desde 2005 e, até outubro de 2021, era vinculado à Secretaria de Assuntos Jurídicos. A partir de então, passou a ser vinculado à Procuradoria-Geral do município. 

Antes, atendia entre cinco e 10 pessoas por dia. Quando passou para o comando da Procuradoria-Geral, a Assistência Judiciária passou a atender em média 25 pessoas por dia, com o aumento do número de profissionais - são seis advogados e quatro estagiários.

Veja também

Pequinês de língua caída e sem dentes é eleito o cão mais feio do mundo
EUA

Pequinês de língua caída e sem dentes é eleito o cão mais feio do mundo

Grécia: 13 são presos acusados de causar incêndio ao lançar fogos de artifício de iate
INCÊNDIO FLORESTAL

Grécia: 13 são presos acusados de causar incêndio ao lançar fogos de artifício de iate

Newsletter