Associações militares debaterão reajuste das categorias, garante Casa Militar

Esposas e familiares de militares foram recebidas por representante do Governo após passeata

Projeto de lei é de autoria do deputado federal Fernando Rodolfo (PL)Projeto de lei é de autoria do deputado federal Fernando Rodolfo (PL) - Foto: Divulgação

As associações de classe dos policiais militares de Pernambuco serão chamadas para discutir uma tabela de reajuste salarial da categoria. A garantia foi dada pelo chefe da Casa Militar, o coronel Eduardo Pereira, em reunião com esposas de militares na tarde desta terça-feira (3). As mulheres e familiares realizaram passeata pelo Centro do Recife cobrando valorização dos policiais e bombeiros militares.

O ato, denominado de "Caminhada da Família Policial e Bombeiro Militar em Busca de Respeito e Dignidade", seria em repúdio ao tratamento do Governo com a categoria, segundo as manifestantes. A iniciativa foi organizada pelas esposas do presidente e vice-presidente da Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS-PE).

O objetivo das companheiras de Albérisson Carlos e Nadelson Leite - Verônica Souza e Jane Leite, respectivamente - seria mostrar a insatisfação com a "perseguição imposta pelo Governo de Pernambuco". Um grupo de cinco mulheres, incluindo as duas organizadoras, foi recebido no Palácio do Campo das Princesas pelo coronel Eduardo Pereira.

As mulheres se concentraram na praça do Derby, área central da Capital, desde as 14h e saíram em caminhada por volta das 15h50. O grupo seguiu pela avenida Conde da Boa Vista - que teve o trânsito interrompido no sentido Centro.

Veja também

Pausa no uso da vacina Johnson & Johnson altera planos da Europa e dos EUA
Vacina

Pausa no uso da vacina Johnson & Johnson altera planos da Europa e dos EUA

Babá diz que mãe de Henry pediu que ela mentisse e apagasse mensagens
Caso Henry

Babá diz que mãe de Henry pediu que ela mentisse e apagasse mensagens