Guerra na Ucrânia

Ataque russo mata civis fugindo de Mariupol

"De acordo com uma avaliação inicial, há mortos", afirmaram autoridades locais

Pessoas são ajudadas a sair de um prédio danificado de um hospital infantil após um ataque aéreo russo na cidade de Mariupol, no sudeste do paísPessoas são ajudadas a sair de um prédio danificado de um hospital infantil após um ataque aéreo russo na cidade de Mariupol, no sudeste do país - Foto: Divulgação / National Police of Ukraine / AFP

Ataques russos nesta quarta-feira (16) contra civis que fugiam de Mariupol, uma cidade sitiada no sudeste da Ucrânia, deixaram "mortos" e feridos, incluindo uma criança gravemente ferida, anunciou o Exército ucraniano.

Um comboio de civis que saiu de Mariupol para Zaporizhzhia foi alvo de vários foguetes Grad por volta das 15h30 (10h30 de Brasília), informou o Exército no Telegram, postando uma foto de uma criança ferida e ensanguentada.

"De acordo com uma avaliação inicial, há mortos", acrescentou. 

Após uma série de fracassos, por falta de um cessar-fogo russo-ucraniano, as evacuações se aceleraram em Mariupol, enquanto neste porto estratégico os habitantes carecem de água e comida. 

Um bombardeio russo na semana passada a uma maternidade nesta cidade provocou clamor internacional.

O corredor humanitário usado por comboios de veículos liga Mariupol a Zaporizhzhia mais ao norte, via Berdiansk, cerca de 270 km por estrada.

Veja também

Destruição em Gaza aumenta isolamento de Israel e põe em xeque aliança com os EUA, seu fiel aliado
MUNDO

Destruição em Gaza aumenta isolamento de Israel e põe em xeque aliança com os EUA, seu fiel aliado

Rússia anuncia novas conquistas territoriais na Ucrânia após dois anos de ofensiva
GUERRA NA UCRÂNIA

Rússia anuncia novas conquistas territoriais na Ucrânia após dois anos de ofensiva