Atendimentos em unidades de saúde de Paulista serão remanejados devido ao afastamento de profissiona

Seis unidades de saúde de Paulista terão seus atendimentos transferidos para unidades de referência

Centro de Saúde do NobreCentro de Saúde do Nobre - Foto: Google Maps

Os atendimentos médicos de algumas unidades básicas de saúde de Paulista serão remanejados para unidades de referência devido a defasagem causada pelo afastamento de profissionais que testaram positivo para a Covid-19 ou estão no grupo de risco da doença.

Durante a pandemia todas as consultas de rotina estão suspensas e apenas atendimentos de emergência estão sendo realizados. A transferência dos atendimentos começa nesta segunda-feira (4).

Leia também:
Paulista oferece curso à distância pelo Qualifica Jovem Digital
Pernambuco registra 498 casos e 24 mortes por Covid-19 neste domingo (3)
Mais de 2 mil profissionais de saúde de Pernambuco foram infectados pela Covid-19


A Secretaria de Saúde de Paulista afirmou que 30% dos profissionais de saúde do município, entre técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos, foram afastados e por isso manter todas as unidades básicas em funcionamento não é possível. Por isso, os atendimentos em seis unidades de saúde estão sendo transferidos para outros postos localizados no mesmo território de cobertura, garantindo assim o atendimento à população.

“Com a deficiência que temos, toda a unidade tem uma defasagem profissional. Isso faz com que a população fique sem o serviço completo em todas as unidades. Portanto, garantir a equipe completa, dentro da área próxima à casa dos doentes, manterá a qualidade da assistência no enfrentamento a Covid-19”, afirmou a secretária de Saúde do Paulista, Fabiana Bernart.

Confira as unidades que serão deslocadas para um novo local de atendimento provisório:

Paulista





 

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Paulista recebe nova unidade de Saúde da Família
Saúde

Paulista recebe nova unidade de Saúde da Família

Agências americanas recomendam "pausa" no uso da vacina da Johnson por temor de coágulos
Vacinação

Agências americanas recomendam "pausa" no uso da vacina da Johnson por temor de coágulos