Atentado a bomba deixa ao menos 80 mortos em área diplomática de Cabul

Nenhum grupo ainda assumiu o atentado. O Estado Islâmico e o Talibã foram autores dos últimos ataques no país

Forças armadas em CabulForças armadas em Cabul - Foto: AFP

A forte explosão de um carro-bomba deixou ao menos 80 mortos e 350 feridos na região que concentra embaixadas internacionais em Cabul, capital do Afeganistão, nesta quarta-feira (31).

Segundo um porta-voz do Ministério do Saúde do país, o número de vítimas divulgado é provisório e ainda pode subir.

Um motorista afegão da rede britânica BBC morreu no ataque e quatro jornalistas ficaram feridos.

Existem mulheres e crianças entre as vítimas, que foram levadas para os hospitais da cidade.

Os prédios das embaixadas da França, Turquia, Alemanha e Paquistão foram alguns dos mais atingidos. A Alemanha e o Paquistão confirmam que funcionários estão entre os feridos.

Nenhum grupo ainda assumiu o atentado. O Estado Islâmico e o Talibã foram autores dos últimos ataques no país.

O atentado ocorreu numa região chamada Wazir Akbar Khan, que reúne embaixadas e está próxima do palácio presidencial.

Cerca de 50 carros foram destruídos ou danificados pela explosão. Vidros de lojas, restaurantes e outros prédios foram quebrados em um raio de um quilômetro do centro da explosão.

Veja também

Internado com Covid-19, idoso reencontra cachorrinha de estimação em despedida emocionante
Folha Pet

Internado com Covid-19, idoso reencontra cadela de estimação em despedida emocionante

Defensoria e MPPE recomendam ampliação de canais de agendamento para vacinação de idosos no Recife
RECIFE

Defensoria e MPPE recomendam ampliação de canais de agendamento para vacinação de idosos