Protesto

Ativistas jogam tinta vermelha no vidro de proteção de tela de Monet

"As mulheres têm cerca de 25 e 30 anos e foram presas", disse a polícia

Ativistas foram presasAtivistas foram presas - Foto: Handout/Aterstall Vatmarker/AFP

Dois ativistas ambientais espalharam tinta vermelha, nesta quarta-feira (14), sobre o vidro que protege uma pintura de Claude Monet no Museu Nacional de Estocolmo e depois pressionaram as mãos contra o vidro, segundo a polícia.

"As mulheres têm cerca de 25 e 30 anos e foram presas", disse a polícia.

A organização Återställ Våtmarker ("Restaurar as áreas úmidas") reivindicou a ação de protesto.

Veja também

Prevupe 2024: inscrições para o pré-vestibular da UPE estão abertas; são 10.400 vagas em 48 polos
educação

Prevupe 2024: inscrições para o pré-vestibular da UPE estão abertas; são 10.400 vagas em 48 polos

Ministério autoriza envio da Força Nacional para o Mato Grosso do Sul
segurança pública

Ministério autoriza envio da Força Nacional para o Mato Grosso do Sul

Newsletter