Atleta brasileira é suspensa provisoriamente por doping

Andressa de Morais melhorou o próprio recorde sul-americano, quando conquistou a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Lima

Andressa de MoraisAndressa de Morais - Foto: Divulgação/IAAF

A atleta brasileira Andressa de Morais, candidata à medalha no lançamento do disco no Mundial de Doha (27 setembro-6 outubro), foi suspensa provisoriamente por doping depois de testar positivo para uma substância anabolizante (SARM), anunciou nesta sexta-feira (06) a Unidade de Integridade do Atletismo (AIU).

Andressa, 28 anos e dona da sexta melhor marca mundial em 2019 na prova, melhorou o próprio recorde sul-americano em 6 de agosto, quando conquistou a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Lima, atrás da cubana Yaimé Pérez, com um lançamento de 65,98 m.

Leia também:
Campeã olímpica é suspensa por quatro anos por doping
Nadador brasileiro é suspenso por doping e perde Mundial e Pan
Tenista brasileira Bia Haddad é suspensa provisoriamente por doping

O caso é examinado atualmente pela Organização Desportiva Pan-Americana, que organiza os Jogos, informou a AIU.

Veja também

Taxa de contágio do coronavírus volta a subir em Nova York
EUA

Taxa de contágio do coronavírus volta a subir em Nova York

Costureiras do Cabo de Santo Agostinho irão produzir máscaras para a população vulnerável
Cabo de Santo Agostinho

Costureiras do Cabo de Santo Agostinho irão produzir máscaras para a população vulnerável