Aves resgatadas pela polícia em São Paulo voltam ao Recife

Elas chegaram ao Recife e foram levadas ao Centro de Triagem de Animais Silvestre de Pernambuco

Governador se reuniu com parlamentares para relatar ações desenvolvidas no Estado para combater desastre ambientalGovernador se reuniu com parlamentares para relatar ações desenvolvidas no Estado para combater desastre ambiental - Foto: Heudis Régis/ SEI

Resgatadas pela polícia em ações de combate ao tráfico de animais silvestres em São Paulo, 56 aves típicas do bioma caatinga foram repatriadas na última quinta-feira (5) para Pernambuco e, em breve, serão soltas no Sertão. Elas foram recebidas pelo Centro de Triagem de Animais Silvestres, da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), onde passarão um período antes de serem levadas ao Sertão para a soltura.

São 19 galos de campina, 19 papa-capim baianos, oito patativas, cinco cravinas, três sofrês (concrizes) e dois cancões. Foram enviadas ao Recife, em caixotes apropriados, pela Divisão Técnica de Medicina Veterinária e Manejo da Fauna Silvestre (Depave), da Prefeitura de São Paulo.

Antes, passaram por um período de avaliação, tratamento, recuperação e reabilitação no Centro de Triagem da Divisão de Fauna da capital paulista. Ao chegarem ao Cetas Tangara, no bairro da Guabiraba, as aves foram soltas em gaiolas divididas por espécie.

Em boa condição, embora com o desgaste natural do voo, elas deverão ser soltas no Sertão dentro de 15 dias, de acordo com o biólogo Yuri Valença, do Cetas, que, junto com o veterinário Fábio Masck, recepcionou os novos visitantes do Centro de Triagem. Este foi o primeiro repatriamento de animais silvestres que o Cetas Tangara recebeu do Sudeste.

Veja também

Suspeito é preso com armas roubadas de vigilantes de agência bancária no Recife
Polícia

Suspeito é preso com armas roubadas de vigilantes de agência bancária no Recife

Anvisa autoriza o uso emergencial de medicamento contra a Covid-19 em casos leves e moderados
Pandemia

Anvisa autoriza o uso emergencial de medicamento contra a Covid-19 em casos leves e moderados