GUERRA NO ORIENTE MÉDIO

Avião com 175 israelenses decola de São Paulo rumo a Israel após convocação do serviço militar

Comunidade judaica no Brasil fretou aeronave para levar grupo de volta a Israel

Grupo de israelenses embarcou do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, para IsraelGrupo de israelenses embarcou do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, para Israel - Foto: Reprodução/Instagram

Um grupo de 175 israelenses que estavam em países da América do Sul embarcou na tarde desta sexta-feira, no Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP), de volta a Israel para ajudar no conflito contra o Hamas.

Eles foram convocados para o serviço militar do país, segundo o Consulado de Israel no Brasil, e viajam em um voo fretado, financiado pela comunidade judaica brasileira e pela Keren Hayesod, organização de arrecadação de fundos para Israel com presença em 45 países.

Em entrevista à TV Globo antes de embarcar, brasileiros de dupla nacionalidade presentes no grupo relataram vontade de retornar para ajudar de alguma forma no conflito.

O paramédico Daniel Taller, de 29 anos, estava pesquisando povos indígenas na Colômbia e teve de retornar após ser convocado. Ele disse acreditar que possa haver paz na região, tanto para israelenses quanto para palestinos.

 

— Eles (palestinos) sofrem, mas não por nossa causa, e sim por causa do Hamas — declarou.

Mais cedo, o terceiro grupo de brasileiros resgatados pela Força Aérea Brasileira (FAB) do conflito entre Israel e Hamas chegou ao Brasil. O avião, vindo de Tel Aviv, pousou na Base Aérea de São Paulo, em Guarulhos, às 11h30, após pousar primeiro em Recife (PE).

São ao todo 494 brasileiros resgatados em três aeronaves na Operação Voltando em Paz, do governo federal. A primeira, KC-30 Airbus A330 200) trouxe 211 passageiros na quarta-feira; a segunda (também um KC-30), 214; e a terceira (KC-390 Millennium), que pousou em São Paulo nesta sexta-feira, 69. Cinco deles desembarcaram em Recife do voo que pousou às 6h07, e os outros 64 seguiram até o destino final.

O governo informa que 900 brasileiros devem ser repatriados até sábado. O Governo Federal estima que, ao todo, serão necessários 15 voos da FAB para trazer de volta os brasileiros que querem sair de Israel e outros países do Oriente Médio. Três brasileiros já morreram nos conflitos em Israel.

Veja também

Rede de saúde do DF entra em colapso por dengue, diz governador
EMERGÊNCIA

Rede de saúde do DF entra em colapso por dengue, diz governador

Grupo vai subsidiar políticas de enfrentamento de mortes no trabalho
saúde

Grupo vai subsidiar políticas de enfrentamento de mortes no trabalho