Aviões da FAB trazem ao Recife 16 toneladas de medicamentos

Insumos serão utilizados no tratamento de hemodiálise em Caruaru; tempo das diálises havia sido reduzido de quatro para três horas por problemas no estoque

Carga de medicamentos para hemodiálise trazidas a Pernambuco pela Força Aérea BrasileiraCarga de medicamentos para hemodiálise trazidas a Pernambuco pela Força Aérea Brasileira - Foto: Cabo Henrique Alexandrino/FAB/Divulgação

Para minimizar os efeitos do desabastecimento provocado pela paralisação dos caminhoneiros autônomos pela redução do diesel, uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) desembarcou no Aeroporto do Recife na madrugada desta terça-feira (29) com oito toneladas de medicamentos.

Os insumos serão destinados a atender pacientes em tratamento de hemodiálise no hospital nefrológico SOS Rins e Hospital Regional do Agreste (HRA), em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. Outra aeronave com mais oito toneladas de medicamentos deve chegar ao terminal. 

Leia também:
Combustível chega a alguns postos do Grande Recife nesta terça; saiba onde abastecer
Falta combustível em nove aeroportos do país, diz Infraero

As aeronaves C-130 Hércules decolaram na tarde da segunda-feira (28) do Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, e seguiram para Montes Claros, em Minas Gerais, onde receberam a carga dos medicamentos. A missão da FAB foi realizada em parceria com o 55º Batalhão de Infantaria do Exército Brasileiro (EB). Os medicamentos vêm de um fornecedor instalado no estado do Rio de Janeiro.

Segundo a diretora do SOS Rins, Aniedja Queiroz, os 400 pacientes atendidos pela clínica - sendo 360 no SOS Rins e outros 40 no HRA - passaram a ter o tempo de hemodiálise reduzido por causa dos problemas com o estoque.

"Os pacientes estavam dialisando por menos tempo, precisamos diminuir de quatro para três horas. O material que ainda temos era suficiente até a próxima quinta e o que chegou vai dar para usar por 15 dias", disse. Outras cargas devem chegar à unidade hospitalar nos próximos dias.

Veja também

Aumento de CO2 na Amazônia pode ter impacto até maior que o do desmatamento na diminuição das chuvas
Amazônia

Aumento de CO2 na Amazônia pode ter impacto até maior que o do desmatamento na diminuição das chuvas

SUS recebe remédios de kit intubação em mandarim e teme confusão

SUS recebe remédios de kit intubação em mandarim e teme confusão