COVID-19

Bairro de Xangai é evacuado após três casos de coronavírus

Duas das pessoas infectadas trabalham em hospitais e são vizinhas, informaram autoridades locais de saúde em uma entrevista coletiva

A polícia isolou uma área ao redor de um bairro residencial no distrito de HuangpuA polícia isolou uma área ao redor de um bairro residencial no distrito de Huangpu - Foto: STR / AFP

As autoridades de Xangai começaram a evacuar um bairro residencial da cidade após a confirmação de ao menos três novos casos de coronavírus nesta quinta-feira (21), os primeiros detectados nesta grande cidade chinesa desde novembro. 

As autoridades locais, que não informaram quantas pessoas da área estavam sendo transferidas, aumentaram o número de testes de diagnóstico realizados na área, com o objetivo de erradicar o surto, em um novo e claro exemplo da contundência da resposta do governo diante dos pequenos focos de infecção que aparecem no país. 

Duas das pessoas infectadas trabalham em hospitais e são vizinhas, informaram autoridades locais de saúde em uma entrevista coletiva. O terceiro caso foi detectado em um dos seus contatos. 

Um jornalista da AFP presente no local disse que ônibus foram preparados e desinfetados antes de levar os vizinhos aos hotéis ou locais onde ficarão em quarentena. Algumas estradas na área foram fechadas. 

Xangai, com uma população de 25 milhões, não registrava nenhuma nova infecção local da covid-19 desde novembro, mas detectou um caso importado, especificamente um estudante que voltou do Reino Unido no final de dezembro e foi diagnosticado com a variante britânica do vírus. 

A China, país mais populoso do mundo, registrou os primeiros casos do novo coronavírus em dezembro de 2019, na cidade de Wuhan (centro).

Desde então, conseguiu praticamente erradicar a pandemia do seu território, embora nas últimas semanas tenham aparecido focos da Covid-19, que provocam medidas drásticas para cortar radicalmente os contágios.

Por exemplo, na quarta-feira, 1,6 milhão de pessoas em um bairro ao sul de Pequim receberam ordens de não deixar a capital, e várias dezenas de milhares de residentes nesse mesmo bairro não podem sair de suas casas. 

Nesta quinta-feira, a China anunciou 144 novos casos de coronavírus, a maioria no nordeste do país. Segundo dados oficiais, 4.635 pessoas morreram de coronavírus no país até agora, enquanto a pandemia matou mais de dois milhões de pessoas em todo o mundo.

Veja também

Apesar da violência e da covid, papa Francisco inicia viagem histórica ao Iraque
Papa Francisco

Apesar da violência e da covid, papa Francisco inicia viagem histórica ao Iraque

Jaboatão dos Guararapes amplia horário de vacinação contra Covid-19
SAÚDE

Jaboatão dos Guararapes amplia horário de vacinação contra Covid-19