Bancários fazem protesto na Boa Vista contra assaltos

Segundo o Sindicato, foram registradas 61 investidas contra bancos no Estado neste ano.

Protesto contra assaltosProtesto contra assaltos - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Bancários revoltados com a crescente onda de assaltos a banco realizam protesto na manhã desta sexta-feira (5) em frente à agência do banco Bradesco, localizada na Avenida Conde da Boa Vista, uma das mais movimentadas no Recife. A agência foi assaltada durante esta semana, com 10 clientes sendo mantidos como reféns.

Segundo o Sindicato dos Bancários de Pernambuco eles vão paralisar o funcionamento da agência para protestar contra a violência e em oposição ao procedimento da direção do banco que manteve a agência aberta após tentativa de assalto, mesmo com todos os funcionários em estado de pânico e estresse.

O Sindicato disse ainda que também vai, novamente, denunciar a empresa às autoridades públicas uma vez que esta não cumpre a Lei Municipal de Segurança Bancária (17.647/2010) que oportunizou uma nova ação criminosa. A agência, que não tem vidros blindados, sofreu uma tentativa de assalto na manhã de ontem, quinta-feira (4). Com isso, sobe para 61 o total de investidas, segundo o sindicato, contra bancos no Estado, em 2017, isto é, uma média de uma ocorrência a cada dois dias.

Segundo João Rufino, diretor executivo do Sindicato dos Bancários, a situação com o Bradesco é recorrente: “Nenhum outro banco se atreve a abrir a agencia após um assalto. O Bradesco acha que os funcionários são maquinas, mas uma situação como essa é traumática para os funcionários. O Sindicato não vai tolerar atitudes como esta”.
A agência foi liberada para funcionamento ao meio-dia.

No início deste ano, situação de violência similar ocorreu em agência do Banco do Brasil na Avenida Agamenon Magalhães. Na ocasião, os bandidos renderam seguranças e mantiveram clientes e funcionários como reféns até a abertura do cofre. Os meliantes foram encontrados pela Polícia após rastreio de celulares roubados.

Veja também

Senacon adotas medidas para combater comércio de vacinas falsificadas
vacina

Senacon adotas medidas para combater comércio de vacinas falsificadas

Corregedora vai ouvir juíza que desafia CNJ e critica máscara
Coronavírus

Corregedora vai ouvir juíza que desafia CNJ e critica máscara