A-A+

Banhistas aproveitam as praias no primeiro dia do verão

Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac), a nova estação deve trazer temperaturas mais altas ao Estado

Buraco da Velha, em Brasília Teimosa, Zona Sul do RecifeBuraco da Velha, em Brasília Teimosa, Zona Sul do Recife - Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco

Muitas pessoas aproveitaram o primeiro dia do verão, neste domingo (22), para curtir a praia. Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac), a nova estação deve trazer temperaturas mais altas ao Estado. Em Boa Viagem, um dos principais cartões postais do Recife, na Zona Sul da capital, enquanto alguns tiraram a manhã para fazer alguma atividade física, outros se refrescaram tomando banho de mar. Em Brasília Teimosa, pequeno oásis de águas calmas e areia quente, na mesma região, também era grande o movimento. No local, crianças brincavam à vontade na areia.

As amigas Marcela Resende, 28, e Patrícia Melo, 42, não perderam tempo e chegaram logo cedo em Boa Viagem. Enquanto se bronzeiam, elas colocal o papo em dia. "Os dias realmente estão mais quentes, por isso não podemos perder a chance de aproveitar a praia", disse Marcela. Já Patrícia diz que cuidado vem em primeiro lugar. "Sempre busco passar bloqueador solar e me hidratar para evitar problemas de saúde", comenta.

Leia também:
Cuidados com as doenças de verão
Início do verão dá o alerta para cuidados com exposição solar


De acordo com a Apac, a média das temperaturas máximas em Pernambuco no trimestre dezembro, janeiro e fevereiro giram em torno de 34º no Sertão e 32° no Agreste, na Zona da Mata e na Região Metropolitana do Recife (RMR). O verão também costuma ter os maiores índices pluviométricos no Sertão de Pernambuco. Segundo a Apac, no Sertão do São Francisco a média é de 360 mm (milímetros) e de 330 mm. No Agreste, a média é de 217 mm. Já na Zona da Mata, 315 mm, e no Litoral, 490 mm aproximadamente. Para se ter uma ideia, as chuvas na primavera, estação que antecede o verão, costumam ser de, em média, 45 mm no Sertão.

Além de ser a estação mais quente do ano, o verão - que vai até as 3h50 da madrugada de 20 de março - é conhecido por ter dias mais longos. No entanto, a Apac afirma que, em Pernambuco, o aumento das horas do dia é pouco perceptível devido à localização do Estado. Posicionado em uma região tropical e perto da Linha do Equador, a incidência dos raios solares em Pernambuco deve manter uma proporção constante, o que implica em uma variação pequena (de poucos minutos) no tamanho do dia.

Veja também

Preocupação com falta de mão de obra cresce na indústria, diz CNI
CNI

Preocupação com falta de mão de obra cresce na indústria, diz CNI

ONU teme 'crimes hediondos em massa' em Mianmar
Direitos Humanos

ONU teme 'crimes hediondos em massa' em Mianmar