Banhistas e pescadores são retirados de praia em Olinda

Segundo a prefeitura, banhistas promoviam aglomeração e pescadores praticavam pesca esportiva

Banhistas estavam promovendo aglomeração na praiaBanhistas estavam promovendo aglomeração na praia - Foto: Divulgação/Guarda Municipal de Olinda

Diversos banhistas e pescadores esportivos foram retirados da praia dos Milagres, em Olinda, na Região Metropolitana do Recife, por descumprirem o decreto estadual que sistematiza regras relativas à Covid-19. O flagrante ocorreu na tarde dessa segunda-feira (1º), primeiro dia após o fim da quarentena rígida em Olinda e outros quatro municípios.

Os banhistas foram retirados da praia pela Guarda Municipal da cidade por estar promovendo aglomeração e não fazer uso de máscaras. As praias seguem fechadas para acesso até 30 de junho em todo o Estado.

Leia também:
Covid-19 atinge com força América Latina; Brasil beira as 30 mil mortes
Olinda entrega hospital de campanha com 60 leitos para Covid-19


Outras pessoas, que estavam realizando pesca esportiva, quando está autorizada apenas a pesca artesanal e de sobrevivência, foram abordadas pela fiscalização e também tiveram de deixar o local.

A operação de disciplinamento na cidade conta com profissionais da Guarda Municipal, agentes de trânsito, homens do Controle Urbano e policiais militares do 1° Batalhão da Polícia Militar (BPM).

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

Veja também

OPAS pede 'estratégia integral' para conter a Covid-19 nas Américas
Pandemia

OPAS pede 'estratégia integral' para conter a Covid-19 nas Américas

Aberta à população, primeira reunião do ano do Comam ocorre nesta quinta-feira
Meia Ambiente

Aberta à população, primeira reunião do ano do Comam ocorre nesta quinta-feira