A-A+

Fiscalização

Bar no Clube Náutico é interditado por aglomeração durante transmissão de jogo

De acordo com o Procon-PE, foi constatado no estabelecimento consumidores circulando e consumindo bebidas sem distanciamento social e sem máscaras

Bar no Náutico foi interditadoBar no Náutico foi interditado - Foto: Divulgação/Procon-PE

O Americano Bar, instalado dentro do Clube Náutico Capibaribe, nos Aflitos, Zona Norte do Recife, foi interditado, no último sábado (24), por descumprimento das medidas de proteção contra a Covid-19.

De acordo com o Procon-PE, que divulgou balanço do fim de semana de fiscalizações nestas segunda-feira (26), foi constatado no estabelecimento consumidores circulando e consumindo bebidas sem distanciamento social e sem máscaras.

O bar transmitia a partida do Náutico contra o Brusque-SC pelo Campeonato Brasileiro Série B quando chegaram os fiscais do Procon-PE. 

De acordo com o Plano de Convivência com a Covid-19 em Pernambuco, bares, restaurantes e serviços de alimentação similares podem funcionar das 5h às 23h, com 50% da capacidade do local.

Os fiscais do Procon-PE visitaram 39 estabelecimentos durante o fim de semana. 

Na sexta-feira (23), o bar Beerdock, localizado em Casa Forte, foi autuado por estar com a ocupação de consumidores além da capacidade liberada. O bar da mesma franquia localizado em Boa Viagem foi autuado pelos fiscais no domingo (25), pelo mesmo problema.

Ainda no sábado, dois estabelecimentos foram autuados: o Bode do Nô e o Restaurante Ponteio, ambos em Boa Viagem. 

Nos locais, os fiscais identificaram consumidores circulando nas áreas internas sem o uso das máscaras de proteção. 

No Bode do Nô, por exemplo, destaca o Procon-PE, consumidores se encontravam na calçada do estabelecimento sem manter o distanciamento, causando aglomeração. 

Já no Restaurante Ponteio, consumidores foram identificados utilizando os balcões do self-service sem nenhuma proteção, como sem fazer uso de máscara e nem de luvas descartáveis.

“Todo o nosso trabalho acontece em conjunto com órgãos importantes, como a Agência de Vigilância Sanitária de Pernambuco, Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros. Trabalhamos na defesa dos direitos do consumidor e na proteção pela vida”, destaca o Secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

Desde o início do ano, as fiscalizações em bares e restaurantes chegaram a 1.539 locais, com 362 autuados e 90 interditados.

Veja também

Demonização de Cosme e Damião por evangélicos dá corda para intolerância religiosa
Religião

Demonização de Cosme e Damião por evangélicos dá corda para intolerância religiosa

Covid-19: Brasil tem 15,7 mil novos casos e 537 mortes em 24 horas
Coronavírus

Covid-19: Brasil tem 15,7 mil novos casos e 537 mortes em 24 horas