Barrada em supermercado por estar sem máscara, mulher põe calcinha no rosto

Ação, no entanto, não foi suficiente para funcionários permitirem entrada da mulher

Mulher põe no rosto sua calcinha em supermercado no Rio de JaneiroMulher põe no rosto sua calcinha em supermercado no Rio de Janeiro - Foto: Reprodução

Após ser barrada em uma unidade do Supermercados Guanabara, no Rio de Janeiro, por estar sem máscara, uma mulher tirou sua calcinha e a colocou no rosto. Mesmo assim, segundo o supermercado, sua entrada não foi permitida. O caso aconteceu na terça-feira (28).

Em vídeo que circula na internet, uma cliente grava a cena e diz: "Olha o que a mulher fez, gente. Pode isso? A mulher tirou a calcinha e botou na cara. Pensei que eu tinha visto de tudo nesta vida".

Leia também:

Brasil tem maior taxa de contágio por coronavírus do mundo, aponta estudo

Covid, Corona e Lockdown são nomes da moda na Ásia 

A assessoria do supermercado confirmou a autenticidade da gravação, mas não informou em que unidade a situação ocorreu.

"Como medida de proteção para todos os nossos funcionários e clientes, a rede não está permitindo a entrada sem uso de máscara nas suas 26 lojas, seguindo as recomendações dos órgãos de saúde públicos", disse o supermercado em nota.

Passou a valer na última quinta-feira (23), na cidade do Rio, decreto que prevê o uso obrigatório de máscaras de proteção nas ruas, nos estabelecimentos comerciais e nos meios de transporte para conter a disseminação do novo coronavírus.

O Rio é o segundo estado do país com mais casos confirmados da doença (8.504). Mais de 700 pessoas já morreram infectadas pelo vírus. 

Veja também

Covid-19: Brasil tem 42,2 mil casos e 1,3 mil mortes em 24 horas
BOLETIM NACIONAL

Covid-19: Brasil tem 42,2 mil casos e 1,3 mil mortes em 24 horas

Entidade de combate ao câncer envia carta a Bolsonaro contra veto a projeto de quimioterapia oral
APELO

Entidade de combate ao câncer envia carta a Bolsonaro contra veto a projeto de quimioterapia oral