Barragem Ingazeira é alvo de vandalismo, e abastecimento, suspenso

Segundo a Compesa, o abastecimento de água está suspenso em Venturosa

Com a bandeira de Pernambuco, Lóssio posa ao lado de MarinaCom a bandeira de Pernambuco, Lóssio posa ao lado de Marina - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

A Barragem Ingazeira, que faz parte do sistema de abastecimento do Agreste de Pernambuco, sofreu um ato de vandalismo que irá prejudicar o abastecimento de água do município de Venturosa, onde está localizada. De acordo com a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), a empresa registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Venturosa, na manhã desta terça-feira (8).

Segundo a Companhia, uma balsa que servia de suporte para o funcionamento de uma bomba dentro do manancial foi danificada e afundou, levando à suspensão do abastecimento de água para a cidade. A previsão é de que volte a funcionar na tarde desta quarta-feira (09), após conclusão dos serviços de reinstalação da bomba.

A balsa foi instalada pela Compesa para captar água do volume morto da barragem, que está com apenas 3% da sua capacidade total - que é de 4,8 milhões de metros cúbicos de água. A bomba estava possibilitando a retirada da água da barragem para a Estação Elevatória que, por sua vezm é bombeada até a Estação de Tratamento de Água (ETA), e depois distribuída pela rede.

Conforme a empresa, a água da Barragem Ingazeira abastece quase metade dos 12 mil moradores do município, no regime de dois dias com água para quatro sem. Para atender a outra metade da população, a Compesa instalou 15 caixas comunitárias com capacidade para armazenar de 7 mil a 10 mil litros de água em pontos estratégicos da cidade. Hoje Venturosa se encontra em pré-colapso, decorrente do quinto ano consecutivo de seca em Pernambuco.

Veja também

A 8 dias da eleição, Senado dos EUA confirma juíza ultraconservadora para a Suprema Corte
internacional

A 8 dias da eleição, Senado dos EUA confirma juíza ultraconservadora para a Suprema Corte

Brasil atinge 5,4 milhões de casos da Covid-19
boletim

Brasil atinge 5,4 milhões de casos da Covid-19