GRUPO PARAMILITAR

Base do Grupo Wagner é atacada por drones no leste da Líbia

Não houve vítimas

Um morador local passa por membros do grupo Wagner em Rostov-on-DonUm morador local passa por membros do grupo Wagner em Rostov-on-Don - Foto: Roman Romokhov / AFP

Drones de origem desconhecida atacaram, na noite de quinta (29) para sexta-feira, uma base aérea no leste da Líbia onde havia mercenários do grupo paramilitar russo Wagner, sem causar vítimas, indicou uma fonte militar.

A fonte, que pediu anonimato, indicou à AFP que drones "de origem desconhecida atingiram a base aérea de Al Charruba, situada 150 km a sudeste de Benghazi (leste), onde havia presença de elementos do Grupo Wagner". "Os ataques não provocaram vítimas", acrescentou.

A Líbia é um país afundado em uma profunda crise política desde a queda do regime de Muammar Kadafi em 2011, enfraquecido pelas divisões entre Leste e Oeste e interferências estrangeiras.

Entre 2019 e 2020, Khalifa Hafter, líder 'de facto' do Leste da Líbia, recorreu a combatentes de outros países e mercenários do Grupo Wagner em sua tentativa de assumir o controle da capital Trípoli.

Após isso, centenas de membros do grupo paramilitar russo seguiram ativos no leste e no sul da Líbia.

Veja também

ONU alerta que faltam 'muitas questões a resolver' antes da COP29
COP29

ONU alerta que faltam 'muitas questões a resolver' antes da COP29

FMI aprova desembolso de US$ 800 milhões para Argentina
Argentina

FMI aprova desembolso de US$ 800 milhões para Argentina

Newsletter