Basílica de Nossa Senhora do Carmo, no Recife, recebe relíquias de Santa Teresinha do Menino Jesus

Relicário ficará em exposição para a população até sábado (18), com diversas atividades programadas

Relíquias de Santa Teresinha estão na Basília do CarmoRelíquias de Santa Teresinha estão na Basília do Carmo - Foto: Clarice Melo/Folha de Pernambuco

A Basílica de Nossa Senhora do Carmo, localizada no bairro de Santo Antônio, Centro do Recife, recebeu, nesta quinta-feira (16), as relíquias de Santa Teresinha do Menino Jesus. Logo na abertura, centenas de fiéis lotaram o local para ter um contato próximo com o relicário, que ficará exposto para visitação até sábado (18).

A visita ocorre durante a peregrinação das peças no Brasil, que acontece desde o dia 13 de janeiro. A programação ocorre em virtude do marco de três jubileus: a celebração dos 150 anos do nascimento de Santa Teresinha, comemorado em 2023; a celebração dos 100 anos de canonização da santa, em 2025; e os 100 anos do Carmelo de Camaragibe.

"Os santos são aqueles que, com um modo especialíssimo, interpretam e atualizam a palavra de Deus. Então Teresinha, naquela realidade concreta em que viveu, com aquelas circunstâncias históricas, conseguiu dar resposta aos grandes desafios que Deus colocava em seu coração. Venerar as relíquias de Santa Teresinha é, sobretudo, comprometer-se em dar a nossa melhor resposta hoje por causa de um amor radical a Jesus e à Missão", celebrou o arcebispo de Olinda e Recife, dom Paulo Jackson, que presidiu a principal missa do dia.

Uma das centenas de pessoas que compareceram à Basílica nesta quinta foi Maria Tereza do Carmo, dona de casa de 55 anos. Ela revelou "muita emoção" na presença das relíquias. "Está muito cheio, mas consegui ver as relíquias. Estou realmente muito feliz e sem palavras com o que vi. Estar com Santa Teresinha é muito especial", explicou.

Além da celebração às relíquias, a Basílica do Carmo também serviu como um ambiente para união. Este foi o caso de Rita Lima Santana, dona de casa de 74 anos, que compareceu ao local com a filha, Antônia Darly Lima Santana, braillista de 56 anos. Ambas têm uma relação de longa data com Santa Teresinha e também descreveram uma mistura de sentimentos.

"Se olharmos para a história, sabemos que Santa Teresinha foi muito paciente. Eu só gostaria que as pessoas fossem pacientes como ela foi. Os milagres são de poucas vias, curtos, mas muito presentes nas nossas vidas. Hoje eu realmente vim para vê-la. É como se eu estivesse vendo. Estou muito feliz. Minha relação com a Basílica é muito importante", afirmou a mãe.

"Conheci Santa Teresinha através de trabalhos voluntários aqui na Basílica do Carmo. Por ela ser carmelita, eu aprendi a sua missão aqui na terra. Ela foi uma missionária, com a filha formada toda por religiosos, e morreu muito jovem. Ela tinha um amor muito grande a Cristo. Só tenho a agradecer por conhecê-la profundamente. Agora só vou rezar e pedir que ela interceda por nós", completou a filha.

Esta é a quarta vez que a urna com as relíquias de primeiro grau vêm ao Brasil. As outras foram em 1997, 1998 e 2022. O relicário leva  o fêmur e os ossos do pé de santa Teresinha foi uma doação de brasileiros ao Carmelo de Lisieux, na França. As relíquias expressam a dimensão missionária da santa, que tinha o desejo de percorrer a terra e anunciar Jesus Cristo.

Mais de 70 cidades receberão as relíquias de Santa Teresinha na peregrinação de 2024. Até o momento, desde que chegaram ao país, em 13 de janeiro, as relíquias já passaram por cerca de trinta cidades das regiões Centro-Oeste, Sul e Norte.

Para celebrar o momento, uma série de atividades estão programadas na Basílica do Carmo até sábado. Confira, abaixo, a programação da peregrinação das relíquias no Recife:

Quinta-feira, 16 de Maio
7h – Missa Votiva a Santa Teresinha no Carmelo de Camaragibe (Presidida por Dom Sales, OCarm)
9h – Carreata para o Oratório de Santa Teresinha – Derby
10h – Missa no Oratório
11h – Carreata para a Basílica do Carmo
11h30 – Acolhida das relíquias na Basílica do Carmo
12h - Missa Solene com o Arcebispo de Olinda e Recife, Dom Paulo Jackson
14h – Bênção das Rosas
15h – Missa Votiva à São Simão Stock
16h – Conferência: A vocação de Santa Teresinha como Dom para a Igreja (Frei Rinaldo Francisco, O.Carm.)
18h – Missa Votiva à Santa Teresinha
20h – Recitação do Santo Terço
21h - Benção das Rosas

Sexta-feira, 17 de Maio (Aniversário de Santa Teresinha)
7h – Missa Votiva à Santa Teresinha
8h – Bênção das Rosas
9h – Missa Votiva à Santa Teresinha
10h – Bênção das Rosas
10h30 – Conferência: O caminho da santidade trilhado por Santa Teresinha (Frei José Leandro Alencar, O.Carm.)
11h30 – Bênção das Rosas
12h – Missa Votiva à Santa Teresinha
14h – Bênção das Rosas
15h - Missa Votiva à Santa Teresinha
16h - Conferência: A vida escondida em Deus, manifestada pelo amor de Santa Teresinha. (Frei Rogério Severino, O.Carm.)
18h – Missa Votiva à Santa Teresinha
19h30 – Vigília Eucarística com a família carmelitana
21h – Bênção das Rosas

Sábado, 18 de Maio (Despedida das Relíquias)
7h – Missa Votiva à Nossa Senhora do Carmo
8h - Bênção das Rosas e despedida das Relíquias de Santa Teresinha
8h30 - Traslado das Relíquias para Maceió (AL)

Veja também

Israel ordena retirada de embaixadores da Irlanda e Noruega, após países reconhecerem Palestina

Israel ordena retirada de embaixadores da Irlanda e Noruega, após países reconhecerem Palestina

Após falha de sistema anticheia, Porto Alegre usa bombas de SP emprestadas
rio

Após falha de sistema anticheia, Porto Alegre usa bombas de SP emprestadas

Newsletter