Agreste

Engasgado após convulsão, bebê de 7 meses é salvo após ajuda de agentes da PRF em São Caetano

Policiais realizavam uma fiscalização da Operação Ano Novo quando duas mulheres se aproximaram pedindo ajuda

Bebê de 7 meses estava desfalecido após sofrer uma convulsão seguida de engasgo.Bebê de 7 meses estava desfalecido após sofrer uma convulsão seguida de engasgo. - Foto: Divulgação/PRF

Um momento de desespero terminou com um final feliz em São Caetano, no Agreste de Pernambuco. No primeiro dia de 2024, agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) atenderam um bebê de 7 meses que estava desfalecido após sofrer uma convulsão seguida de engasgo.

De acordo com a corporação, policiais realizavam uma fiscalização da Operação Ano Novo por volta das 10h quando duas mulheres se aproximaram da equipe aos prantos, pedindo ajuda para socorrer o bebê. Uma delas era a mãe da criança e a outra, uma amiga.
 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Folha de Pernambuco (@folhape)


Um dos agentes segurou o menino e iniciou um procedimento para desobstruir as vias aéreas, conhecido como “manobra de Heimlich”. Após os primeiros socorros feitos pelos agentes Walber e Alysson, a equipe encaminhou o bebê e as duas mulheres para o Hospital Municipal Adolpho Pereira Carneiro, em São Caetano.

Imagens do resgate foram divulgadas pela corporação após autorização da mãe da criança, que preferiu não ser identificada.

 

Na unidade de saúde, o menino recebeu atendimento médico e depois seguiu de ambulância para o Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru, também no Agreste, sob a escolta da PRF. 

Após receber atendimento e passar por uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), o bebê teve alta por volta das 22h do dia 1º de janeiro e retornou para os cuidados da família, informou a PRF.

Veja também

De homem ativo a um corpo "em estado caquético": quem era "Tio Paulo", levado para banco
Rio de Janeiro

De homem ativo a um corpo "em estado caquético": quem era "Tio Paulo", levado para banco

Apenas 22% do público-alvo se vacinou contra a gripe
dengue

Apenas 22% do público-alvo se vacinou contra a gripe

Newsletter