A-A+

Bebê é abandonado na virada cultural de São Paulo

Ambulante que trabalhava durante o evento afirma ser o pai da criança

Virada Cultural de São PauloVirada Cultural de São Paulo - Foto: Prefeitura de São Paulo / Divulgação

Na manhã desta segunda-feira (20), um ambulante foi à Santa Casa afirmando ser o pai do bebê abandonado no Vale do Anhangabaú na madrugada de domingo, durante a Virada Cultural. Segundo a polícia, o ambulante deu o nome do bebê e afirmou que a criança tem um ano e cinco meses de idade.

Informalmente, o suposto pai do bebê alegou que teve uma convulsão e, por isso, caiu quando empurrava o carrinho. "Quando ele recobrou a consciência, alega que estava desnorteado e, por isso, esqueceu o carrinho com a criança", disse o delegado Carlos Castiglioni, responsável pelo caso, que foi registrado no 3º DP (Santa Ifigênia). 

Leia também:
'A Dona do Pedaço': Aírton deixa Maria na rodoviária, no ônibus que parte para São Paulo
Espaços culturais de portas abertas na Semana dos Museus  


O ambulante teria sido encaminhado ao hospital após a suposta convulsão, acrescentou o delegado. Sobre a criança, Castiglioni afirmou que ela permanece internada em observação na Santa Casa. Há a suspeita de que o bebê esteja com princípio de pneumonia. A polícia vai ainda ouvir formalmente o ambulante. A data do depoimento ainda não foi informada.

Veja também

ONU faz alerta sobre relação entre clima e segurança
CLIMA

ONU faz alerta sobre relação entre clima e segurança

Educadores do Detran-PE dão dicas de segurança a motociclistas em Camaragibe
Semana Nacional de Trânsito

Educadores do Detran-PE dão dicas de segurança a motociclistas em Camaragibe