Beija-Flor vence disputa do sambódromo do Rio de Janeiro

Favorita nas redes sociais, Paraíso do Tuiuti fica em segundo lugar

Desfile da Beija-Flor, no Rio de Janeiro, chamou atenção um alerta para a crescente onda de violênciaDesfile da Beija-Flor, no Rio de Janeiro, chamou atenção um alerta para a crescente onda de violência - Foto: Mauro Pimentel / AFP

A escola de samba Beija-Flor de Nilópolis acaba de ser anunciada, nesta quarta (14), campeã do Grupo Especial no Rio. A disputa foi apertada. A Paraíso do Tuiuiti ficou em segundo lugar, num resultado histórico.

Leia também:
Protestos contra o governo marcam desfile da escola de samba Paraíso da Tuiuti
Nomes, histórias e mãos por trás das escolas de samba

A Beija Flor optou por enredo com forte crítica social, uma linha também seguida pela Mangueira e pela Paraíso do Tuiuti. Com o título "Monstro é aquele que não sabe amar - os filhos abandonados da pátria que os pariu", o enredo traçou um paralelo entre o romance "Frankenstein", que acaba de completar 200 anos, e as mazelas sociais brasileiras. A Beija Flor falou de corrupção, desigualdade, violência e intolerâncias (de gênero, racial, religiosa e até esportiva), que formariam um cenário "monstruoso".

Veja também

Rio não terá desfile de blocos de rua no carnaval de 2021
carnaval

Rio não terá desfile de blocos de rua no carnaval de 2021

Brasileira está entre as vítimas de atentado na França, informa Itamaraty
internacional

Brasileira está entre as vítimas de atentado na França