Bethânia e Pagodinho falam da ligação com o Recife

Os dois, que se apresentam neste sábado (7), contaram em entrevista exclusiva o elo que têm com a capital pernambucana

Os dois, amigos de longas datas, estarão juntos pela primeira vez em turnêOs dois, amigos de longas datas, estarão juntos pela primeira vez em turnê - Foto: Daryan Dornelles/Divulgação

Juntos na nova turnê, Maria Bethânia e Zeca Pagodinho não veem a hora de cantar no Classic Hall, no próximo sábado (7). Em entrevista concedida a repórter Mariana Mesquita, do caderno de Diversão & Arte, da Folha de Pernambuco, eles revelaram a paixão por Pernambuco. "Eu tenho um elo muito forte com o Recife. Venero o Recife. Não tem show meu em que eu não faça uma referência, uma homenagem à cidade", disse a irmã de Caetano Veloso. Já o sambista carioca, deve aproveitar para matar a saudade de alguns bons amigos. "Tenho uma relação muito boa com o Recife. Gosto de estar na cidade, tem muita gente boa aí, muitos amigos", completou.   

O projeto, batizado de “De Santo Amaro a Xerém”, é uma referência à cidade natal de Bethânia e ao município fluminense onde o sambista tem seu sítio. O público pode esperar no repertório clássicos da MPB, entre eles, “Negue” (Adelino Moreira), “Reconvexo” (Caetano Veloso), “Maneiras” (Sylvio da Silva) e “Verdade” (Nelson Rufino/Carlinhos Santana). O figurino de Bethânia será assinado por Gilda Midani e o de Zeca por Juliana Maia.

Veja também

Brasil registra mais 407 mortes por covid-19
Coronavírus

Brasil registra mais 407 mortes por covid-19

Burger King é interditado em Salvador após aglomerar com promoção de Dia das Bruxas
Bahia

Burger King é interditado em Salvador após aglomerar com promoção de Dia das Bruxas