Internacional

Biden descarta intenção de enviar tropas dos EUA ou da Otan à Ucrânia

Presidente diz considerar impor sanções econômicas à Rússia

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos Joe Biden, presidente dos Estados Unidos  - Foto: Mandel Ngan/AFP

O presidente americano, Joe Biden, disse nesta terça-feira (25) que "não há intenção" de enviar tropas dos Estados Unidos à Ucrânia, mas voltou a advertir a Rússia para o risco de enfrentar sanções severas se ordenar um ataque àquele país.

Em declarações a jornalistas, Biden disse que "não há intenção de colocar forças americanas ou da Otan na Ucrânia"

Perguntado se consideraria impor sanções econômicas pessoais ao presidente russo, Vladimir Putin, caso ele ordene um novo ataque à Ucrânia, Biden respondeu, "sim, eu veria isso".

Veja também

Ex-presidente da Tunísia é condenado a 8 anos de prisão
SENTENÇA

Ex-presidente da Tunísia é condenado a 8 anos de prisão

Incêndio em edifício residencial deixa ao menos 15 mortos no leste da China
China

Incêndio em edifício residencial deixa ao menos 15 mortos no leste da China