EUA

Biden diz que americanos 'não aceitarão' desrespeito aos resultados eleitorais

Em discurso à nação na véspera do fim de semana prolongado do Dia de Ação de Graças, o presidente eleito também pediu que se ponha um fim à "sombria temporada de divisões" no país

Joe Biden, presidente eleito dos EUAJoe Biden, presidente eleito dos EUA - Foto: Joe Raedle/ Getty Images North America / Gett

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, advertiu nesta quarta-feira (25) que os americanos não permitirão que se ignorem os resultados das eleições de 3 de novembro, enquanto o presidente Donald Trump pediu a seus partidários para "reverter" o resultado do pleito.

"Nos Estados Unidos, temos eleições íntegras, justas e livres, e depois respeitamos os resultados", disse Biden em seu reduto político de Wilmington, Delaware. "O povo desta nação e as leis do país não aceitarão outra coisa".

Em discurso à nação na véspera do fim de semana prolongado do Dia de Ação de Graças, o presidente eleito também pediu que se ponha um fim à "sombria temporada de divisões" no país.

Veja também

Pernambuco registra 1.652 novos casos e 25 novas mortes pela Covid-19 em 24h
Covid-19

Pernambuco registra 1.652 novos casos e 25 novas mortes pela Covid-19 em 24h

Pacientes de Manaus chegam ao Hospital das Clínicas, da UFPE, neste sábado (23)
Coronavírus

Pacientes de Manaus chegam ao Hospital das Clínicas, da UFPE, neste sábado (23)