Igreja

Bispos franceses venderão 'bens' da Igreja para indenizar vítimas de abuso

A decisão responde a uma das propostas da comissão independente que estimou em mais de 216 mil o número de casos abuso de menores cometidos por religiosos

Reunião de bisposReunião de bispos - Foto: Loic Venance/AFP

Os bispos franceses vão vender "bens" de suas dioceses, ou recorrer a um empréstimo, para indenizar as vítimas de pedofilia dentro da Igreja, descartando assim o uso de doações dos fiéis - declarou o presidente da Conferência Episcopal, Éric de Moulins-Beaufort, nesta segunda-feira (8).

Anunciada após uma reunião anual na cidade francesa de Lourdes (sul), a decisão responde a uma das propostas da comissão independente que estimou em mais de 216 mil o número de casos de agressão sexual de menores cometidos por religiosos, ou padres, desde 1950.

Veja também

Pernambuco é o único estado do Brasil a reduzir o desmatamento da Caatinga
Meio Ambiente

Pernambuco é o único estado do Brasil a reduzir o desmatamento da Caatinga

Em Kiev, ucranianos adotam "modo de vida normal" e evitam falar da guerra
mundo

Em Kiev, ucranianos adotam "modo de vida normal" e evitam falar da guerra

Newsletter