Notícias

Bloco A Corda desperta foliões nas ladeiras de Olinda

Intuito do grupo é despertar, com muito baralho e animação, os foliões que ainda dormem na manhã desta terça

Bloco AcordaBloco Acorda - Foto: Alfeu Tavares/Folha de Pernambuco

O último dia do Carnaval em Olinda não foi feito para se descansar. Prova disso é o barulhento e animado desfile do já tradicional bloco A Corda. Formado por um grupo de amigos em 1994, a troça carnavalesca se popularizou ao entrar nas casas para despertar os foliões e trazê-los para as ladeiras nas primeiras horas da manhã. Nesta terça-feira (28), a história se repetiu com a animação de sempre.

Os integrantes entram nas casas e acordam os foliões, que são chamados para a festa. Com o barulho de panelas batendo e instrumentos de percussão, o grupo entra nas casas e acorda turistas e moradores, entoando os versos "pode dormir, pode cochilar, que o seu sono, nós vamos atrapalhar". O presidente e um dos fundadores do bloco, Cheres Costa, também participou da brincadeira e ajudou a tirar os foliões da cama.

"Começamos como muitos blocos da época. Pegamos uma corda e saímos Olinda adentro. Fomos levando e a brincadeira cresceu. Hoje, temos inúmeros participantes, até crianças", ressaltou Costa. "É o único bloco que começa com pouca gente e termina com muitas pessoas. Queremos botar nossos filhos para levar a brincadeira do bloco para frente", contou, sem perder a empolgação.

Veja também

Recife acolhe mais de 2 mil pessoas em 35 abrigos temporários após chuvas
Chuvas

Recife acolhe mais de 2 mil pessoas em 35 abrigos temporários após chuvas

Região Metropolitana tem mais de 70 abrigos para desalojados pela chuva; confira a lista completa
Ajuda

Região Metropolitana tem mais de 70 abrigos para desalojados pela chuva; confira a lista completa