Bloco da Lama suja e diverte foliões no Sítio Histórico de Olinda

Há mais de 20 anos ele é a atração principal das manhãs de Olinda no Sábado de Zé Pereira

Bloco da Lama, em OlindaBloco da Lama, em Olinda - Foto: Henrique Genecy/Folha de Pernambuco

Enquanto uma multidão acompanha o desfile do Galo da Madrugada, neste sábado (10), no centro do Recife, milhares de foliões aproveitam para brincar o Carnaval em Olinda. Apesar do congestionamento para chegar às ladeiras do Sítio Histórico, o público não perdeu a animação.

Logo cedo, a atração principal foi o Bloco do Manguebeat, também conhecido como Bloco da Lama, que saiu às 10h, do mosteiro de São Bento. Há mais de 20 anos, o bloco desfila em Olinda e, ao som de frevo, maracatu e músicas do movimento manguebeat, mela os foliões de lama pelas ladeiras. O bloco homenageia Chico Sciense, fundador do movimento manguebeat, hoje difundido em todo País. Se estivesse vivo, ele completaria 52 anos em 2018.

Leia também:
Pontos de Uber dão suporte aos foliões em Olinda

Confira a programação dos polos do Carnaval de Olinda

Eu Acho é Pouco
A onda vermelha e amarela invadirá as ladeiras de Olinda com o bloco Eu Acho É Poucon a partir das 16h. Este ano, a concentração muda de lugar: vai para a frente da Igreja da Sé. A saída está marcada para as 17h. O tema “Preconceito é uma arma que mata. Desarme-se” aparece estampado no verso da camisa de 2018 junto à figura mitológica da Medusa.

Calunga
A folia no Sábado de Zé Pereira segue até o desfile do famoso calunga, o Homem da Meia-Noite. Este ano, o Clube Carnavalesco de Alegoria e Crítica O Homem da Meia-Noite homenageia as figuras grandiosas que passeiam pelas ruas durante os dias de Momo.

O calunga desfila a partir da meia-noite deste sábado para o domingo, saindo da sede do bloco, na estrada do Bonsucesso, no Sítio Histórico de Olinda. O percurso é o mesmo de todos os anos, mas há uma pausa nesta edição, por recomendação do Corpo de Bombeiros, e a orquestra deixa de tocar quando chegar na rua 13 de Maio. A medida foi tomada para que os foliões não se machuquem, já que a via é considerada muito estreita.

O Homem da Meia-Noite segue em direção à praça do Seplama, onde faz um retorno para o largo do Amparo. O desfile passa ainda pelos Quatro Cantos e segue pela rua de São Bento. De lá, o bloco passa na 13 de Maio, fazendo aquela pausa.

O desfile segue até a rua Nossa Senhora de Guadalupe, onde, no largo de Guadalupe, é feita a entrega da chave do Carnaval de Olinda, Chave Cariri. A partir daí, o Homem da Meia-Noite faz outro retorno pela rua Cândida Luiza, passando novamente na Nossa Senhora de Guadalupe e voltando em direção à sede do bloco para o encerramento.

Veja também

Confira a previsão do tempo para esta quinta (22) em Pernambuco
TEMPO

Confira a previsão do tempo para esta quinta (22) em Pernambuco

Homem filmado dando socos em mulher na Bahia se entrega à polícia
BAHIA

Homem filmado dando socos em mulher se entrega à polícia