Bloco 'Eu Acho é Caro' faz sua segunda saída neste domingo

Versão 'praia' do bloco partiu nesta manhã, do Trevo de Beberibe, seguindo itinerário que passa pelos bairros da Encruzilhada, Derby e Coque. O tema da nova saída é 'Bota as Planilhas no Sol, Governador'

Eu Acho é Caro sai "fora de época" por mais clareza na gestão do transporte público na RMREu Acho é Caro sai "fora de época" por mais clareza na gestão do transporte público na RMR - Foto: Henrique Genecy/ Folha de Pernambuco

A "saída fora de época" do bloco Eu Acho é Caro seguiu, na manhã deste domingo (18), em direção à praia do Pina, na Zona Sul do Recife. O "Eu Acho é Caro vai à Praia" se concentrou no Trevo de Beberibe e, por volta das 9h, partiu fazendo caminho pelos bairros da Encruzilhada, Derby e Coque. O tema desta saída é "Bota as planilhas no sol, governador", em alusão ao objetivo maior do grupo: a transparência das informações sobre receita e despesa do transporte público em Pernambuco e o destino dado aos créditos vencidos do VEM.

Leia também:
Após notificação, Grande Recife anunciará nova data de reunião sobre tarifas de ônibus
Juiz mantém reunião, mas proíbe reajuste das tarifas de ônibus por dez dias
Novas tarifas de ônibus de Caruaru vigoram a partir desta quarta
[Vídeo] Polícia divulga imagens de bando praticando assaltos a ônibus em Olinda


O bloco-ônibus circula novamente com tarifa zero, aberto a todos que quiserem fazer o percurso gratuitamente. "Estamos aqui levando o Eu Acho é Caro pela segunda vez às ruas, a primeira vez foi no Carnaval, quando nós estávamos denunciando o aumento das passagens. Estamos correndo na Justiça porque, até agora, o Estado não deu as respostas. Queremos que a população tenha como opinar sobre o seu próprio dia a dia, sobre o seu próprio meio de transporte", declarou a coordenadora da Associação Metropolitana de Ciclistas do Grande Recife (Ameciclo), Ligia Lima.

O grupo reivindica ainda que a sociedade tenha acesso aos custos de publicidade, frota, demanda, bem como os dados dos GPS do transporte coletivo da RMR e reclama da falta de fiscalização do Governo do Estado em relação às empresas de transporte de ônibus.

Veja também

Rio não terá desfile de blocos de rua no carnaval de 2021
carnaval

Rio não terá desfile de blocos de rua no carnaval de 2021

Brasileira está entre as vítimas de atentado na França, informa Itamaraty
internacional

Brasileira está entre as vítimas de atentado na França