Mundo

Blogueiro russo é preso por acesso ilegal a segredos de Estado

Andrei Pyj, blogueiro de 35 anos, foi preso há uma semana e pode pegar de três a oito anos de prisão

Presidente Vladimir PutinPresidente Vladimir Putin - Foto: Alexey Nikolsky / SPUTNIK / AFP

Um blogueiro russo, conhecido por seus vídeos sobre usinas nucleares russas, foi preso por ter acessado ilegalmente segredos de Estado, informou nesta quarta-feira à AFP a ativista Marina Litvinovich.

Andrei Pyj, blogueiro de 35 anos, "é acusado de acesso ilegal a informações classificadas como segredo de Estado e de sua divulgação fora da Rússia", disse Litvinovich, membro de uma ONG russa de monitoramento de prisões, que o visitou no dia anterior em sua cela.

Ele foi preso há uma semana e pode pegar de três a oito anos de prisão, segundo a mesma fonte.

O tribunal Mechchansky de Moscou ordenou a prisão preventiva de Andrei Pyj em 6 de agosto, segundo o site do tribunal.

O canal "urbanturizm" de Pyj, seguido por 786.000 assinantes no Youtube, oferece reportagens filmadas em usinas nucleares russas, tanto ativas quanto abandonadas, túneis de metrô ou mesmo em uma mina de urânio desativada no sul de Rússia. 

Um dos vídeos também mostra uma estação de radar de alerta russa, construída nos tempos soviéticos perto de Murmansk (noroeste).

Vários vídeos, filmados em Pripyat, na Ucrânia, também contam o que o blogueiro descreve como sua "viagem ilegal" à zona de exclusão em torno da usina de Chernobyl, o cenário do pior desastre nuclear da história em 1986.

Veja também

Nomeação de Trump à Suprema Corte testa apoio de republicanos para redesenhar campanha
EUA

Nomeação de Trump à Suprema Corte testa apoio de republicanos para redesenhar campanha

Encontro virtual debate envelhecimento saudável
Cidades Algomais

Encontro virtual debate envelhecimento saudável