Coronavírus

Bolsonaro afirma que Queiroga vai desobrigar uso de máscara por curados e vacinados contra Covid-19

A fala do presidente, no entanto, não detalhou como irá ocorrer a desobrigação

Jair BolsonaroJair Bolsonaro - Foto: Carolina Antunes/Presidência da República

O presidente da República, Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (10) que irá assinar um parecer para desobrigar o uso de máscaras por pessoas já vacinas ou que já foram contaminadas com a Covid-19.

Bolsonaro afirmou que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, prepara um parecer para desobrigar do uso da máscara quem já foi vacinado contra a Covid ou quem já se infectou com o coronavírus.

A fala do presidente, no entanto, não detalhou como irá ocorrer a desobrigação. Vale lembrar que não há nenhuma norma federal sobre o assunto, mas sim decretos estaduais, municipais ou distritais que obrigam o uso de máscaras por todos. 

"Acabei de conversar com um tal de Queiroga, não sei se vocês sabem quem é, o nosso ministro da Saúde. Ele vai ultimar um parecer visando a desobrigar o uso de máscara por parte daqueles que já estejam vacinados ou que já foram contaminados. Para tirar esse símbolo, que obviamente tem a sua utilidade para quem está infectado", disse Bolsonaro durante fala em evento de apoio ao setor de Turismo.

A atitude vai de encontro às medidas sanitárias adotadas em várias partes do mundo. Em seu discurso, o presidente ainda insistiu no tratamento com hidroxicloroquina e ivermectina, que não têm eficiência contra a Covid-19.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Folha de Pernambuco (@folhape)

Veja também

Jaboatão inicia agendamento para vacinação de pessoas a partir de 42 anos contra a Covid-19
Vacinação

Jaboatão inicia agendamento para vacinação de pessoas a partir de 42 anos contra a Covid-19

Pernambuco recebe novo lote com vacinas da Pfizer nesta quinta-feira (24)
Vacinas

Pernambuco recebe novo lote com vacinas da Pfizer nesta quinta-feira (24)