Bombeiros avaliam balsas com fogos de artifício para a virada do ano no REcife

Balsas estarão posicionadas a partir da manhã desta sexta a 300 metros da costa recifense

 Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) já entregou 108, das 416 moradias previstas para o município Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR) já entregou 108, das 416 moradias previstas para o município - Foto: Janaina Pepeu

Um espetáculo de luz e cores vai brilhar no céu do Recife na hora da virada do ano. A queima de fogos, assim como no ano passado, vai durar 15 minutos em dois polos, um no Pina, e outro em frente ao edifício Acaiaca, em Boa Viagem, ambos na Zona Sul, onde ficam os palcos da festa de Ano-novo. Ao todo, 15 toneladas de fogos foram distribuídas em duas balsas (7,5 toneladas em cada uma). Nesta quinta-feira (29), as plataformas passaram por vistoria dos Corpos de Bombeiros Civil e Militar. Os órgãos averiguaram se extintores, cabeamento, instalações e documentações estavam regulares. Nesta sexta (30), as balsas vão ficar atracadas em alto-mar. Uma será ancorada às 9h, no Pina, e outra às 15h, em Boa Viagem. Elas ficarão posicionadas a uma distância de aproximadamente 300 metros da costa.

Para o show pirotécnico deste ano, serão usadas bombas de fabricação chinesa, com cores e efeitos variados. Uma delas, a bomba fantasma, que muda de cor enquanto explode, causando um efeito tridimensional. "A outra novidade é que teremos bombas que, ao explodirem no céu, formarão corações, carinhas sorridentes e arco-íris. E, simultaneamente à contagem regressiva, serão soltos raios coloridos. Tudo foi pensado para surpreender as pessoas que forem à orla curtir a virada para 2017. As balsas serão identificadas por luzes esverdeadas que serão lançadas ao mar dois minutos antes da contagem regressiva", detalhou o coordenador do show pirotécnico, Moisés Lanza.

O carregamento das duas balsas será acionado simultaneamente à 0h. Ambas contarão com técnicos que ficarão em contêiners, onde estão os dispositivos eletrônicos para ativar os fogos de artifício.

"Nomes como Spok, Almir Rouche, Trombonada, Nena Queiroga e Fim de Feira marcam o tradicional Réveillon neste ano na Capital pernambucana. Preparamos uma programação focando nos artistas locais, que prometem animar o público. No polo Acaiaca, quem prepara o público para a grande virada é o cantor Almir Rouche, homenageado do Carnaval em 2017. Já no Pina, será a cantora Nena Queiroga", contou o presidente da Fundação de Cultura do Recife, Diego Rocha.

Veja também

Grávida, Meghan Markle não acompanhará Harry ao funeral do príncipe Philip
Realeza

Grávida, Meghan Markle não acompanhará Harry ao funeral do príncipe Philip

Brasil registra 2.616 óbitos por Covid-19 em 24h e total de mortes já ultrapassa 350 mil
Coronavírus

Brasil registra 2.616 óbitos por Covid-19 em 24h e total de mortes já ultrapassa 350 mil