Bonecos gigantes políticos não desfilaram neste ano

Segundo o produtor da Embaixada dos bonecos gigantes, o propósito do órgão é cultural e, portanto, evitam se envolver com política

Personalidades políticas de destacam entre bonecos gigantesPersonalidades políticas de destacam entre bonecos gigantes - Foto: Rafael Furtado / Folha de Pernambuco

O Bairro do Recife recebeu, na tarde desta terça-feira (13), o desfile dos bonecos gigantes de Olinda. A concentração ocorreu na Embaixada de Pernambuco, em frente à Praça do Arsenal. Neste ano, cerca de 50 bonecos foram às ruas, porém alguns foram "vetados" pela produção para evitar polêmicas.

Os bonecos de figuras como os ex-presidentes Lula e Dilma (ambos PT), o senador Aécio Neves (PSDB) e a senadora Marina Silva (REDE), permanecerão guardadas a fim de evitar conflitos devido à radicalização dos discursos políticos. “O nosso propósito é cultural, a gente não se envolve com política. Inclusive, os desfiles são feitos com recurso próprio para não ter nenhum tipo de problema nesses quesitos políticos”, esclarece o criador e produtor da Embaixada, Leandro Castro.

Leia também:
De Trump a Dallagnol: Bonecos gigantes percorrem as ladeiras de Olinda
[FOTOS] Bonecos gigantes, do tamanho da tradição


Figuras como os juízes ligados à operação Lava a Jato, Sérgio Moro e Marcelo Bretas, e o procurador da República no Ministério Público Federal, Deltan Dallagnol, estiveram presentes no desfile. “Sérgio Moro não é político. Temos o Deltan, temos o Marcelo Bretas, mas são pessoas que estão lutando pela justiça, não são políticos”, explicou Leandro Castro.

Veja também

Pernambuco registra 32 mortes e 1.229 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h
Coronavírus

Pernambuco registra 32 mortes e 1.229 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h

Temporal com granizo atinge cidade de Custódia, no Sertão de Pernambuco
Tempo

Temporal com granizo atinge cidade de Custódia, no Sertão