Braille: desafios para preservar um sistema essencial

Código universal de escrita e leitura para as pessoas com deficiência visual, o braille enfrenta risco de cair em desuso com os adventos tecnológicos

O instrumento mais essencial para os deficientes visuais, precisa ser respeitado em todas as áreasO instrumento mais essencial para os deficientes visuais, precisa ser respeitado em todas as áreas - Foto: Daniel Tavares/PCR

O Dia Nacional do Sistema Braille será celebrado neste domingo e desperta para um questionamento: o código universal de escrita e leitura para as pessoas com deficiência visual, por meio das combinações de pontos em relevo, corre risco de cair em desuso com os adventos tecnológicos? Para o presidente da Associação Beneficente dos Cegos do Recife (Assobecer), Paulo Domingos, “o sistema em braille tem sofrido um êxodo por conta dos mecanismos criados através da informática”. Ou seja, segundo Domingos, a exemplo dos livros áudios adaptados para os cegos, crianças e adolescentes da nova geração acabam diminuindo o interesse em livros tradicionais.

Em contrapartida a esse temor, a chefe da unidade de Educação Inclusiva da Secretaria Estadual de Educação (SEE), Sunnye Gomes, afirma que, na verdade, a tecnologia veio para auxiliar o processo de aprendizagem do braille. “O volume de textos em braille é bem maior do que o da escrita comum. É mais fácil para o professor apresentar o conteúdo em um computador, do que carregar dois, três volumes daquele conteúdo. Mas a tecnologia vem para facilitar e não para eliminar, pois a escrita e a leitura do braille é universal. Se uma pessoa escrever algo no Sertão de Pernambuco, ela vai ser compreendia por quem for lê lá no Japão”, esclareceu a gestora. Primeira braillista concursada no Estado, Sunney reforça que sem a internet, diversos conteúdos não chegariam aos deficientes visuais. “O braille dá autonomia para os estudantes que vão fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) , por exemplo, que farão a redação toda através do código. Sem falar que nas escolas regulares, eles não precisam de um professor por aluno. Nós temos professores qualificados e com suporte para a adequação de conteúdo quando necessário”, conclui.

Leia também:
Teclados Especiais ajudam inclusão de crianças no Recife
Inclusão ainda longe das escolas em Pernambuco


Na rede estadual de ensino, de acordo com dados da SEE há 452 com deficiência visual distribuídos em 16 escolas por todo o Estado. Para atender a esta demanda foram qualificados 93 professores. De que forma a inclusão dessa comunicação tem sido feita nas escolas, o pedagogo do setor Tecnologia da Educação Gustavo Dantas declara que ainda são necessários muitos avanços para diminuir a defasagem da alfabetização tanto na escrita quanto na leitura. “O processo de ensino ainda é muito artesanal e os dispositivos tecnológicos vêm para favorecer a expansão dessa linguagem”, concluiu.

Esses avanços podem ser conquistados por meio da desmistificação da linguagem em braille. Sobre esse aspecto, o pedagogo Gustavo Dantas afirma que o sistema de códigos não pode ser colocado como a unifica forma de comunicação. “Uma criança e um adolescente que ficaram cegos por conta da diabetes, não vão ter certas sensibilidades”, alerta. Denuncia Tido como o instrumento mais importante para os deficientes visuais, o braille ainda precisa ser respeitado em todas as áreas, principalmente na educação.

O presidente da Associação Pernambucana dos Cegos, José Diniz, afirma que muitas crianças pelo Estado não recebem os livros didáticos e são prejudicadas porque as impressoras em braille estão encaixotadas.” A Secretaria Estadual de Educação disse que “está realizando levantamento dos equipamentos e que será feito um planejamento de execução de manutenção dos mesmos”. Ainda segundo nota, “a pasta esclarece que nenhum estudante está prejudicado, pois estão recebendo o material ”. 

Veja também

Burger King é interditado em Salvador após aglomerar com promoção de Dia das Bruxas
Bahia

Burger King é interditado em Salvador após aglomerar com promoção de Dia das Bruxas

Trump e Biden visitam estados-chave no último fim de semana antes das eleições nos EUA
EUA

Trump e Biden visitam estados-chave no último fim de semana antes das eleições nos EUA