Brasil passa dos 45 mil casos de Covid-19 e tem quase 3 mil mortes

Dados atualizados pelo Ministério da Saúde, nesta quarta (22), apontam 2.906 vítimas fatais da doença no País

Sistemas de saúde têm entrado em colapso com a pandemiaSistemas de saúde têm entrado em colapso com a pandemia - Foto: RODRIGO BUENDIA / AFP

O Ministério da Saúde confirmou, nesta quarta-feira (22), mais 2.678 casos de infecção pelo novo coronavírus no País, que agora soma 45.757 notificações positivas. Foram anunciadas ainda mais 165 mortes, subindo para 2.906 o número de óbitos.

A região Sudeste, com 52,6% dos infectados segue sendo o epicentro da Covid-19 no Brasil. Mas o Nordeste apresente um crescimento considerável, reunindo agora 26,2% das notificações. Pernambuco, por exemplo, bateu recorde diário de notificações nesta quarta. É o segundo estado com mais casos na região, atrás apenas do Ceará. 

O Ministério da Saúde, porém, tem frisado que o número real de casos no País tende a ser maior, uma vez que só pacientes internados em hospitais e óbitos com sintomas equivalentes aos da Covid-19 estão sendo submetidos testes, e há muitas amostras à espera de análise laboratorial.

Leia também:
Novo coronavírus já matou 180 mil pessoas em todo o mundo
Covid-19: 39% dos patrões dispensaram diaristas sem manter o pagamento
Covid-19: membro do Comitê Organizador dos Jogos testa positivo
Higiene bucal pode ajudar a prevenir complicações da Covid-19

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

 

Veja também

Assassinatos de albinos cresceram na pandemia, afirma especialista da ONU
Mundo

Assassinatos de albinos cresceram na pandemia, afirma especialista da ONU

Itapissuma amplia vacinação para pessoas sem comorbidade a partir dos 27 anos
Covid-19

Itapissuma amplia vacinação para pessoas sem comorbidade a partir dos 27 anos