Brasil se aproxima dos 30 mil mortos pela Covid-19

Números desta segunda-feira (1º) apresentam redução já característica dos inícios das semanas, com demanda presa

Teste de coronavírusTeste de coronavírus - Foto: Ethan Miller/Getty Images/AFP

Mantendo o ritmo de números menores relacionados à Covid-19 nas segundas-feiras, o Ministério da Saúde notificou 12.247 novos casos e 623 mortes no boletim desta segunda (1º). Na última semana, o País bateu recordes diários de casos, chegando a quase 27 mil na sexta-feira (29), por exemplo, e registrou sucessivamente mais de mil mortes por dia. A queda dos índices às segundas é reconhecida pela própria pasta, que relaciona o fato a uma demanda represada do sistema de saúde privado por conta do fim de semana.

De acordo com o boletim, são 526.447 casos oficialmente notificados, com estimativa de 211.080 pacientes recuperados (40,1%). Outros 285.430 (54,2%) estão em acompanhamento, enquanto os óbitos somam 29.937. Há ainda 4.412 mortes suspeitas em investigação.

Técnicos do Ministério da Saúde, porém, alertam que o número real de casos no Brasil tende a ser maior. Entre os motivos, estão subnotificação devido à baixa oferta de testes e ocorrência de casos suspeitos ainda em análise.

Leia também:
Brasil entra em rede global de produção de vacinas contra Covid-19
Brasil recebe dois milhões de doses de hidroxicloroquina dos EUA


Análises feitas pelo Ministério da Saúde têm apontado que o País segue em tendência de aumento de casos e mortes, sem que haja sinais de desaceleração. O pior da pandemia ainda não chegou para o Brasil, segundo afirmou nesta segunda o diretor-executivo da OMS (Organização Mundial da Saúde), Michael Ryan.

O País também já vive um processo de interiorização da epidemia, com crescimento no número de municípios com casos da doença, segundo a pasta.

Dados compilados pela Universidade John Hopkins (EUA) apontam que o País é hoje o segundo em número de registros da Covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos, que soma quase 1,8 milhão de casos.

Em número de mortes, o Brasil ocupa a quarta posição no ranking, atrás de EUA, Reino Unido e Itália.

Primeiro a confirmar a chegada da Covid-19, o estado de São Paulo tem hoje o maior número de registros da Covid-19, com 111.296 casos confirmados e 7.667 mortes.

Além de São Paulo, outros estados com maior número de casos confirmados são Rio de Janeiro, Ceará e Amazonas.

Boletim do Ministério da Saúde do dia 1º de junho

Boletim do Ministério da Saúde do dia 1º de junho - Crédito: Divulgação/Ministério da Saúde

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Pacientes de Manaus chegam ao Hospital das Clínicas, da UFPE, neste sábado (23)
Coronavírus

Pacientes de Manaus chegam ao Hospital das Clínicas, da UFPE, neste sábado (23)

Milhares protestam contra prisão de opositor de Putin na Rússia
Protestos

Milhares protestam contra prisão de opositor de Putin na Rússia