Brasil sobe para o segundo lugar no quadro de medalhas

Com 22 medalhas de ouro, 16 de prata e 35 de bronze, o País vai atingido sua meta nos Jogos Pan-Americanos de Lima

Luisa Baptista e  Vittoria LopesLuisa Baptista e Vittoria Lopes - Foto: Wander Roberto/COB

O Brasil conquistou sete ouros no domingo (4) e assumiu o segundo lugar no quadro de medalhas dos Jogos Pan-Americanos Lima-2019. O País chegou ao lugar mais alto do pódio com Chloé Calmon, no longboard, Ana Marcela Cunha, na maratona aquática, e João Menezes no tênis. Mas o destaque ficou por conta da canoagem, com duas medalhas de ouro para Ana Sátila (C1 e K1 Extreme) e outras duas para "Pepê" Gonçalves (K1 e K1 Extreme).

Leia também:
Brasileiro passa por argentino e está na final do tênis no Pan-Americano
Érica Sena marcha pelo ouro no Pan-Americano de Lima
Mais uma dobradinha na ginástica do Brasil no Pan-Americano

Agora, o Brasil tem 22 medalhas de ouro, 16 de prata e 35 de bronze. O quadro de medalhas é liderado com folga pelos Estados Unidos, com 54 ouros.

Quadro de medalhas dos Jogos de Lima-2019:

Ouro Prata Bronze Total

1. Estados Unidos 54 44 35 133

2. Brasil 22 16 35 73

3. México 20 15 35 70

4. Canadá 19 36 24 79

5. Colômbia 16 12 15 43

6. Argentina 14 15 15 44

7. Cuba 14 12 11 37

8. Peru 7 6 10 23

9. Chile 5 7 7 19

10. República Dominicana 4 6 9 19

11. Equador 4 6 8 18

12. Porto Rico 3 2 4 9

13. Venezuela 2 2 6 10

14. Trinidad e Tobago 2 1 1 4

15. Guatemala 1 3 4 8

16. Jamaica 0 1 1 2

17. Paraguai 0 1 1 2

18. Uruguai 0 1 1 2

19. Bolívia 0 1 0 1

20. Nicarágua 0 0 3 3

21. Antigua e Barbuda 0 0 1 1

22 . Costa Rica 0 0 1 1

23. El Salvador 0 0 1 1

Veja também

Nomeação de Trump à Suprema Corte testa apoio de republicanos para redesenhar campanha
EUA

Nomeação de Trump à Suprema Corte testa apoio de republicanos para redesenhar campanha

Encontro virtual debate envelhecimento saudável
Cidades Algomais

Encontro virtual debate envelhecimento saudável