Brasil ultrapassa 100 mil casos da Covid-19

Informação é do Ministério da Saúde em boletim na tarde deste domingo (3)

Testes de Covid-19Testes de Covid-19 - Foto: Miguel MEDINA / AFP

Sessenta e sete dias após o primeiro caso confirmado, o Brasil chegou a 101.147 contaminações por coronavírus e 7.025 mortes pelo novo coronavírus, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde na tarde deste domingo (3). Segundo o governo, foram 275 novas mortes confirmadas nas últimas 24 horas, além de 4.588 novos casos. A mortalidade é de 6,9%.

Epicentro da crise, São Paulo teve 2.627 mortes e 31.772 casos confirmados. O índice de isolamento social vem caindo no estado, o que preocupa autoridades.
Neste domingo (3), o isolamento foi de apenas 53%, o pior domingo da quarentena. Na quinta-feira (30), essa taxa chegou a 46%, menor marca das últimas semanas. Logo atrás, o Rio de Janeiro tem 11.139 casos e 1.019 mortes. O estado é seguido no ranking por Pernambuco (8.643 casos e 652 mortes) e Ceará (8.370 casos e 663 óbitos).

O epicentro mundial, hoje, são os Estados Unidos. Até a tarde deste domingo, o país confirmava cerca de 1,14 milhão de contaminações, de acordo monitoramento da universidade americana Johns Hopkins. Já morreram até agora 65,6 mil pessoas no país.

Na sequência, vem a Espanha, com mais que dobro de casos do Brasil, cerca de 214 mil contaminações. Lá, no entanto, o pico já passou, isto é, o número de novos casos vem diminuindo. Isso permitiu ao país começar a afrouxar o lockdown (quarentena severa, com proibição de sair à rua sem justificativa). Depois de mais de dois meses, os espanhóis puderam sair para praticar atividades físicas ao ar livre pela primeira vez neste sábado.

Itália, Reino Unido e França aparecem na sequência, com as situações mais severas da Europa e do mundo.

Leia também:
Número de casos da Covid-19 no Brasil preocupa países vizinhos e gera críticas
Pernambuco registra 498 casos e 24 mortes por Covid-19 neste domingo (3)

Veja também

Unidade móvel oferece mamografia gratuita em Paulista
Saúde

Unidade móvel oferece mamografia gratuita em Paulista

Com doses da vacina de Oxford já no Rio, distribuição deve começar este sábado
Astrazeneca/Oxford

Com doses da vacina de Oxford já no Rio, distribuição deve começar este sábado