Boletim

Brasil ultrapassa marca de 14 milhões de casos da Covid-19

Mais de 378 mil pessoas perderam a vida para a doença no País

São Paulo é o estado brasileiro com mais casos e mortes pela Covid-19São Paulo é o estado brasileiro com mais casos e mortes pela Covid-19 - Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O Brasil ultrapassou a marca dos 14 milhões de casos de Covid-19 desde o início da pandemia, em fevereiro do ano passado. Segundo a atualização diária do Ministério da Saúde, divulgada nesta terça-feira (20), já foram confirmados 14.043.076 diagnósticos positivos no País. Nas últimas 24 horas, o acréscimo foi de 69.381 novos registros. 

O total de vidas perdidas para a Covid-19 chegou a 378.003, dos quais 3.321 foram computados nesta terça. Ainda há 3.625 mortes em investigação por equipes de saúde. Isso porque há casos em que o diagnóstico sobre a causa só sai após o óbito do paciente.

O número de pessoas recuperadas é de 12.561.689. Já a quantidade de pacientes com casos ativos, em acompanhamento por equipes de saúde, está em 1.103.384.

Os dados, em geral, são menores aos domingos e segundas-feiras pela menor quantidade de trabalhadores para fazer os novos registros de casos e mortes. Já às terças-feiras eles tendem a ser maiores, pois recebem o acúmulo das informações não processadas no fim de semana.

Estados
O ranking de estados com mais mortes pela Covid-19 é liderado por São Paulo (89.650), Rio de Janeiro (41.745), Minas Gerais (30.526), Rio Grande do Sul (23.515) e Paraná (20.628).

Já as Unidades da Federação com menos óbitos são Acre (1.445), Roraima (1.451), Amapá (1.483), Tocantins (2.396) e Sergipe (3.009).

Consórcio
De acordo com o consórcio de veículos da Imprensa, foram computados, nesta terça, 73.172 novos casos da Covid-19 e mais 3.481 mortes. Os números são coletados junto às secretarias estaduais de saúde, até 20h. 

Com os novos dados, o Brasil passa a somar 14.050.885 pessoas infectadas desde o início da pandemia e 378.530 mortes. 

Com as mortes registradas nesta terça, a média móvel chegou a 2.830 e completou 90 dias acima de mil mortes por dia, além de 35 dias acima de duas mil.

A média móvel é um instrumento estatístico usado para amenizar variações de dados. Ela é obtida pela soma de todas as mortes dos últimos sete dias e divisão do resultado por sete. O dado teve queda pelo terceiro dia seguido, mas permanece em níveis muito elevados.

Na última semana, o Brasil voltou a ultrapassar os Estados Unidos em número de mortes por Covid-19 a cada 100 mil habitantes.

Veja também

Covid-19: Brasil registra pouco mais de 67 mil casos e 2.087 óbitos neste sábado (15)
Pandemia

Covid-19: Brasil registra pouco mais de 67 mil casos e 2.087 óbitos neste sábado (15)

Estudo diz que vacinação reduz em 95% mortes por Covid-19 na Itália
Pandemia

Estudo diz que vacinação reduz em 95% mortes por Covid-19 na Itália