Brasil volta a registrar mais de mil mortes pela Covid-19

Foram notificados 1.039 novos óbitos nesta terça (26), que teve ainda o acréscimo de 16.324 casos diagnosticados

Material coletado para teste do novo coronavírusMaterial coletado para teste do novo coronavírus - Foto: Philip Fong/AFP

O Brasil voltou a registrar, nesta terça-feira (26), mais de mil mortes diárias em decorrência da Covid-19. O boletim mais recente do Ministério da Saúde notificou 1.039 novos óbitos, subindo o número de vítimas fatais da pandemia no País para 24.512. Há ainda 3.882 mortes com quadros compatíveis com a doença em investigação.

Foram registrados também 16.324 novos casos com diagnóstico através de exames. A pasta informou que, no momento, são 208.117 casos ativos no País. A estimativa de recuperados nesta terça é de 158.593 pessoas.

Leia também:
Opas: América Latina é novo epicentro da Covid-19
Maioria dos profissionais de saúde sente medo do coronavírus, aponta pesquisa
Contágio de coronavírus continua acelerado no Brasil, indicam estatísticas


De acordo com a Universidade Johns Hopkins (EUA), o Brasil é o segundo país com mais casos da doença. Em números absolutos, fica atrás apenas dos Estados Unidos, que têm 1,6 milhão de casos.

Na segunda (25) foram 807 novas mortes no Brasil e, no fim de semana, 965 no sábado (23) e 653 no domingo (24) – os números costumam ser menores porque as equipes trabalham em esquema de plantão. O recorde diário é da última quinta (21), quando o País anotou 1.188 novas mortes em um só dia.

Em número de mortes, o Brasil é o sexto país mais afetado. Os cinco primeiros são EUA (98 mil), Reino Unido (37 mil), Itália (32 mil), França (28 mil) e Espanha (27 mil). Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a América Latina é o novo epicentro da pandemia, puxada justamente pelo Brasil.

Boletim do Ministério da Saúde do dia 26 de maio

Boletim do Ministério da Saúde do dia 26 de maio - Crédito: Divulgação/Ministério da Saúde

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

Veja também

Médicos são os primeiros vacinados com a dose de Oxford no Brasil
VACINAÇÃO

Médicos são os primeiros vacinados com a dose de Oxford no Brasil

Primeiras doses da vacina AstraZeneca/Oxford chegam a Pernambuco neste domingo
VACINAÇÃO

Primeiras doses da vacina AstraZeneca/Oxford chegam a Pernambuco neste domingo