Alunos de creches na Bahia recebem mochilas gigantes

Caso gerou piadas da internet. "É para durar até a faculdade", escreveu um internauta

Aluno de creche em JequiéAluno de creche em Jequié - Foto: Reprodução/Twitter

A prefeitura de Jequié, sudoeste da Bahia, entregou na última sexta-feira (5) cerca de 18 mil kits padronizados para os alunos da rede pública de ensino. O único mal entendido, entretanto, é que as mochilas entregues têm tamanho padronizado para todos os anos. Como resultado, os aluninhos das creches municipais acabaram recebendo mochilas bem maiores do que o esperado, o que gerou piadas na internet.

Alguns pequenos chegam a caber dentro da bolsa, que foi entregue junto com um conjunto de camisetas e pochete. As camisetas vieram de acordo com o tamanho para cada idade.

Os internautas não perdoaram e postaram fotos dos alunos dentro das mochilas. Alguns comentaram "É para durar até a faculdade" e “Vocês que não entenderam. Mochila para crianças é na verdade mochila para guardar crianças”.

A Prefeitura de Jequié divulgou em sua página no Facebook a entrega dos kits. “Estamos muito satisfeitos com a recepção dos alunos à nossa ideia dos kits escolares”, disse o prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira. Os alunos ainda vestiam a mesma farda há quatro anos, que foi entregue pela gestão passada.

A prefeitura de Jequié enviou um comunicado via email sobre o incidente com as mochilas dos alunos menores.

"O evento das mochilas escolares distribuídas aos alunos da rede municipal de ensino de Jequié, tão comentado na imprensa e nas redes sociais, deixa para trás desafios importantes que o próprio município terá pela frente. Os relatórios contendo os péssimos índices herdados na Educação local, que envolvem baixa matrícula, baixo IDEB, baixo IOEB e mais sério ainda: a baixa proficiência dos alunos da rede municipal de ensino".

Veja também

Com salas cheias, candidatos foram impedidos de fazer Enem
Enem 2020

Com salas cheias, candidatos foram impedidos de fazer Enem

Enfermeira é primeira brasileira vacinada contra a Covid-19 em solo nacional
Vacina

Enfermeira é primeira brasileira vacinada contra a Covid-19 em solo nacional