Autoridades sanitárias do Rio entram em alerta por surto de sarampo

O Rio de Janeiro registrou, neste ano, 13 casos de sarampo

VacinaçãoVacinação - Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

O Rio de Janeiro entrou em estado de alerta nesta quinta-feira (1º) devido ao surto de sarampo no estado vizinho de São Paulo. Além de informar a população, a medida divulgada pela Secretaria Estadual de Saúde prevê ações como reforço da vacinação em postos de saúde fluminenses.

Panfletos com detalhes sobre os sintomas da doença e a importância da imunização para previnir a contaminação estão sendo distribuídos em terminais de transportes públicos e aeroportos do estado. O Rio de Janeiro registrou, neste ano, 13 casos de sarampo. No ano passado, o estado conseguiu atingir uma cobertura vacinal de 95% da população-alvo que inclui pessoas de um ano até 49 anos de idade.

Leia também:
Após registros de sarampo, Ministério da Saúde fará campanha de vacinação contra doença
São Paulo confirma primeiro caso de sarampo contraído na capital
Após surto, Alemanha quer tornar obrigatória vacina contra sarampo

“A ação faz parte da recomendação do Ministério da Saúde e estamos colocando em prática. A indicação é fazer a administração da tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) para crianças a partir de 1 ano de idade e adultos até 49 anos que não estão em dia com a vacina. Para aqueles que têm dúvida se receberam ou não a dose, a indicação é pela imunização”, explicou o médico Alexandre Chieppe, da Secretaria Estadual de Saúde.

Veja também

Brumadinho: MPF quer anular acordo que prevê multa de R$ 250 mi a Vale
Brumadinho

Brumadinho: MPF quer anular acordo que prevê multa de R$ 250 mi a Vale

Justiça suspende revogação de normas de proteção a mangues e restingas

Justiça suspende revogação de normas de proteção a mangues e restingas