Bolsonaro assiste à inauguração de planta farmoquímica oncológica

Novo laboratório produzirá insumos farmacêuticos de alta potência

Jair Bolsonaro durante visita de inauguração do laboratórioJair Bolsonaro durante visita de inauguração do laboratório - Foto: Flickr/ Palácio do Planalto

O presidente Jair Bolsonaro participou nesta terça-feira (6) da inauguração da nova planta de farmoquímica oncológica do grupo Cristália, em Itapira, no interior de São Paulo. A nova unidade industrial do laboratório vai produzir seis diferentes insumos farmacêuticos ativos de alta potência, que serão utilizados para a produção de medicamentos para o tratamento de adenomas, câncer de mama, pulmão, medula, ossos e cérebro.

Durante a cerimônia, Bolsonaro parabenizou Ogari de Castro Pacheco, cofundador do laboratório, pela coragem de erguer o empreendimento e ressaltou a importância do desenvolvimento de tecnologias no país. “O país que não detém tecnologia esta condenado a ser escravo daqueles outros países que a detém”, disse.

De acordo com o grupo Cristália, o Brasil hoje importa 100% dos insumos para a produção de medicamentos contra o câncer. O laboratório já conta com uma planta farmacêutica oncológica, que produz o medicamento final que chega a pacientes e hospitais. Mas, para a produção desses medicamentos, era obrigado a importar os insumos.

Leia também:
Bolsonaro assina MP que acaba com publicação de balanço de empresa em jornais
Bolsonaro cede a Alcolumbre indicações ao Cade às vésperas de votações-chave


Após a cerimônia, o presidente retorna a Brasília, onde, ainda hoje, cumpre agenda no Palácio do Planalto e participa do lançamento do Festival de Tambaqui da Amazônia, no Sebrae Nacional.

Veja também

Dia do doador de medula: transplante une famílias no Recife
Saúde

Dia do doador de medula: transplante une famílias no Recife

Parlamentares visitam áreas queimadas no Pantanal
Meio Ambiente

Parlamentares visitam áreas queimadas no Pantanal